Vereador repercute retirada de livro polêmico das salas de aula do Recife.

O vereador Renato Antunes, líder da bancada do Partido Social Cristão na Câmara Municipal do Recife, elogiou a postura da Prefeitura em retirar o polêmico livro  “Enquanto o sono não vem”, de circulação nas escolas municipais. De acordo com o parlamentar, a obra é inapropriada para discussão em sala de aula, sobretudo para crianças.
 
“É um livro que faz apologia ao incesto e gera uma desconstrução da paternidade na família. O Estado não tem o direito de introduzir tal temática e ferir a consciência de nossas crianças”, pontuou o vereador.
 
Questionado se teria receio em ser criticado, ou taxado como retrógrado, Renato declarou que não importava que não iria parar de defender a valorização da família.
 
” Como defender uma obra que faz uma apologia ao incesto, à quebra dos valores da família, dentro das nossas escolas? Se ser retrógrado e conservador é defender os inocentes, as crianças, e a família, não abro mão deste rótulo”, disse o parlamentar.
 
O argumento utilizado pela Secretaria de Educação do Recife para retirada dos livros, é que a literatura não é apropriada para a faixa etária. A ordem é que todos os exemplares sejam arquivados. 

Deixe um comentário:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Current ye@r *