*Sobre a proposta da Escola Civico-Militares* Rev. Waldir Benevides

Rev. Waldir Benevides
Teólogo Presbiteriano há 37 anos
Foi gestor público por 29 anos.

Há um equívoco e elitização no sistema educacional brasileiro, isso não de hoje mas desde a nossa colonização, o “rico” vai para escolas privadas e os “pobres” para escolas públicas.
Um dos erros cometidos pelos governantes é criarem “ilhas de excelências” em vez de nivelalas e darem condições mínimas as escolas publicas.
Um exemplo disso é as chamadas “ilhas de exencelcias”, foram os chamados CIEPs Centros Integrados de Educação Pública, depois veio os CAIC Centro de Atenção Integral A Crianca e Ao Adolescente.
Cada governante que deixar sua “marca” e em vez de novela a qualidade do ensino em todas unidades criam as “Ilhas de Excelências”, tornando isso um modismo que beneficia uma pequena parte da população, discriminando a memória.
Na minha cidade natal Jaboatão dos Guararapes temos um exemplo muito forte e triste disso, a Escola Municipal Poetisa Francisca Isadora localizada na rua das Heroínas em Cajueiro Seco foi matéria no Programa Fantástico da Rede Globo como a pior escola do Brasil pior IDEB Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, condições físicas precarissima pois o prédio alugado é inadequado, sendo uma casa residencial mal adaptada, no Governo do ex prefeito Elias Gomes que conseguio recursos federais e hoje está sendo finalizado a construção de uma espaço físico digno de uma escola mas corre o boato na comunidade que o atual governo de Anderson Ferreira não vai transferir a Escola Municipal Poetisa Francisca Isadora para este espaço ao lado da estrutura nova, vai instalar neste espaço um creche, é deixar a Escola no mesmo espaço precário, não acredito nisso prefiro que seja apenas boatos mas vamos esperar para ver.
Voltando ao modismo o atual Governo Federal lançou novas ilhas de exencelcias chamadas de “Escolas Civico-Militar” que em Pernambuco contém 185 municípios apenas um sera contemplado o de Jaboatão dos Guararapes, não sei qual o critério de escolha, talvez por que a família Ferreira que comanda hoje o município são amiguinhos do presidente Bolsonaro.
E por favor não me venha com a história de PROJETO PILOTO, se este um milhão que será investido nesta “Ilha de Excelência” fosse investidos nas atuais Escola, pelo menos nas mais precárias não resolveria tudo mas ser7a mais justo com todos alunos e professores.
Espero que um dia isso mude.

Renda Extra: Curso Avançado de Cupcakes