Programa Chegando Junto abre mais um Espaço de Convivência para apoiar mães trabalhadoras

O Programa Chegando Junto, da Prefeitura do Recife, leva mais um Pertencer – Espaço de Convivência à população. Dessa vez os beneficiados são os moradores do Residencial Travessa do Gusmão, no bairro de São José. O prefeito Geraldo Julio esteve no local nesta terça-feira (8) para fazer a entrega do equipamento. Este é o segundo espaço do tipo entregue pelo programa, o primeiro foi no Habitacional Padre Miguel, em Afogados. Os Espaços são uma iniciativa da Secretaria de Habitação do Recife com foco na Primeira Infância e empregabilidade de mulheres.

No local, de um lado as crianças participavam de rodas de brincadeiras, no outro, vivenciavam momentos de leitura, enquanto outros subiam e desciam pelos escorregos. Em contrapartida, jovens mães demonstravam tranquilidade para ir a seus empregos ou para procurar oportunidades de trabalho. “O Espaço Conviver da Travessa do Gusmão acolhe hoje 40 crianças que vão poder passar o dia com segurança, bem alimentadas, com toda a parte de desenvolvimento trabalhada, enquanto as mães, podem sair para trabalhar sabendo que seus filhos estão em segurança. Alguma delas vão trabalhar aqui mesmo, cuidando das crianças do próprio conjunto”, explicou o prefeito Geraldo Julio.

O gestor também declarou que está identificando outros espaços e que o objetivo é implantar o modelo em outros locais. “Estamos identificando espaços que possam receber requalificação, e que tenham condições para se colocar a estrutura necessária, para que possamos aliviar e ajudar as famílias que precisam trabalhar e não tem onde deixar seus filhos. Esse espaço evita também que as crianças sejam levadas para o trabalho pelos pais”, destacou.

No total, a ação irá atender 40 crianças entre seis meses e seis anos de idade, que ficarão sob os cuidados de 16 moradoras-colaboradoras do próprio habitacional. As colaboradoras, por sua vez, estão devidamente matriculadas na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA) com o curso profissionalizantes de Brinquedista – curso com 360 horas-aula distribuídas em três módulos ao longo de 18 meses – e que irão auxiliar nas atividades de recreação sob a coordenação de uma arte-educadora.

O espaço de convivência, que fica dentro do próprio conjunto habitacional, foi totalmente reformado. Além do salão, onde serão desenvolvidas as atividades, o projeto conta com uma cozinha que servirá de apoio para a manipulação dos alimentos que serão servidos às crianças. No local, as crianças serão orientadas a brincar com qualidade através recursos como brinquedos e jogos lúdicos para o desenvolvimento integral no período da Primeira Infância.

A secretária de Habitação do Recife Isabella de Roldão explicou a importância da iniciativa. “Este é um local voltado para atender a população infantil, aqui especificamente atendemos crianças de seis meses a seis anos. Essa experiência tem um recorte muito legal, que além de oferecer um local para que os pais deixem seus filhos para poder trabalhar, também estimula que as mulheres voltem a estudar e assim poder trabalhar como colaboradora do projeto”, afirmou a secretária.

O Pertencer foi pensado para fortalecer a presença das mulheres no mercado de trabalho e criar espaços recreativos voltados para primeira infância, onde as mães que moram no local poderão contar com uma área para deixar seus filhos enquanto trabalham. Para participar da ação, as crianças acima de quatro anos devem estar regularmente matriculadas em rede de ensino formal, devendo seus representantes legais apresentarem, no ato da inscrição, declaração da instituição de ensino que ateste a matrícula e frequência escolar.

Valquíria da Silva de 19 anos é uma das beneficiadas do projeto. A jovem voltou à escola depois de saber da oportunidade de trabalho no Pertencer. “Eu gosto muito de criança e essa experiência está sendo muito legal. Voltei a estudar e faço o curso de Brinquedista e hoje tenho oportunidade de colaborar com o projeto. Aqui distraímos a mente, aprendemos novas coisas, estou muito feliz com a oportunidade”, pontuou.

Para o chefe do UNICEF para território do Semiárido, Dennis Larsen, presente no ato, a iniciativa da Prefeitura do Recife é extremamente importante e ações desenvolvidas no Recife são destaque no mundo todo. “Para a UNICEF a Primeira Infância é prioridade e os mil primeiros dias de vida são fundamentais para vida das crianças. Então o espaço é incrível, muito importante porque em áreas mais vulneráveis elas sofrem mais, então é essencial uma boa alimentação, estímulo a aprendizagem e apoio social. Nós estamos muito satisfeitos com o exemplo que a Prefeitura está dando para outras cidades”, declarou Larsen.

Saúde : 50 Receitas Para Emagrecer De Vez