Prefeito Anderson Ferreira rebate secretário

O prefeito do Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira, esclarece os equívocos do secretário estadual de Transportes, a respeito da obra de requalificação da BR-101. O gestor defende que os trabalhos deveriam iniciar no trecho de Jaboatão, que se encontra em estado crítico, e não por Paulista. 

1 – A responsabilidade por definir a diretriz e a gerência da obra de requalificação da BR-101 é do Governo do Estado, através da Secretaria de Transportes. O DNIT é responsável pela gestão do empreendimento, para garantir que o contrato seja cumprido.

2 – Acho que quem não está transitando é o secretário estadual de Transportes, que não compareceu às reuniões para tratar do projeto de obras estruturais em Jaboatão dos Guararapes. No momento em que me referi ao trecho da BR-101 entre a fábrica da Vitarella e a Estrada da Batalha, foi sobre outro projeto tratado com a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico e as empresas instaladas em Jaboatão, através do Proinfra. São obras estruturais que beneficiarão todo o entorno daquela região com novas vias, passarelas e túnel. Participaram das três reuniões, já realizadas desde o mês de junho, representantes da Prefeitura do Jaboatão, da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, AD-Diper, DNIT, Suape e das empresas. A definição do projeto, inclusive, ocorreu durante reunião com o vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, Raul Henry. A Secretaria Estadual de Transportes foi convidada e não enviou representantes. Isso mostra falta de sintonia.

3 – Quando o secretário estadual de Transportes afirma que o trecho da BR-101 Sul passa por obras emergenciais, admite falta de preocupação com o dinheiro público, pois serão gastos recursos públicos duas vezes num mesmo ponto da BR. Tivesse a obra iniciado no ponto mais degradado e crítico da via, que fica justamente em Jaboatão, os problemas já seriam resolvidos definitivamente.

4 – Apesar de a Secretaria Estadual de Transportes ser a responsável pela obra de requalificação da BR-101, o secretário joga para a empresa contratada a decisão de onde os trabalhos devem começar. Diante disso, acho que estamos perdidos, porque a Secretaria demonstra não ter poder de decisão.

 

Prefeito do Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira

Deixe um comentário:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Current ye@r *