Pernambuco é finalista do Prêmio Excelência em Competitividade com Plano de Resíduos Sólidos

O Plano de Resíduos Sólidos da Região de Desenvolvimento Metropolitana de Pernambuco (RDM/PE) é um dos seis finalistas do Prêmio Excelência em Competitividade – Destaque Boas Práticas deste ano, entre mais de 120 inscritos de todo o Brasil. A premiação é realizada pela CLP – Liderança Pública, organização sem fins lucrativos, responsável, entre outras publicações, pelo Ranking de Competitividade dos Estados.

Confira a íntegra do plano de resíduos sólidos

O documento foi produzido pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) em parceria com os municípios do Grande Recife e com o distrito de Fernando de Noronha. “O plano tem o objetivo de indicar ações para a adequada gestão dos resíduos sólidos em um horizonte de planejamento de 20 anos, em consonância com as diretrizes nacional, estadual e metropolitana. Estamos muito felizes com o resultado desse trabalho”, salienta o secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marcelo Bruto.

A comissão do prêmio fez duas avaliações para determinar os indicados. A primeira consistiu em verificar se as boas práticas inscritas atendiam aos pré-requisitos, se eram estaduais e forneciam informações completas sobre sua execução. Já a segunda triagem abordou critérios como potencial de institucionalização ou legado, equidade, replicabilidade, inovação, competitividade e resultados.

Além do Plano de Resíduos Sólidos, concorrem ao prêmio as práticas: Cria – Criança Alagoana (AL), Paraíba Unida pela Paz (PB), Bom Prato (SP), Caminhos da Paraíba (PB) e Programa Telessaúde (MT). Os estados vencedores serão premiados na cerimônia de lançamento da 8ª Edição do Ranking de Competitividade dos Estados, no dia 18 de outubro, em São Paulo.

Renda Extra: Curso Avançado de Cupcakes