Pernambuco bate recorde de movimentação no Aeroporto do Recife

No acumulado de 2019, passaram pelo terminal 8.531.312 pessoas

O ano de 2019 foi ainda melhor para o turismo de Pernambuco do que o imaginado. Dados revelados no fim da tarde desta quarta-feira pela Infraero apontam que o Aeroporto Internacional dos Guararapes Gilberto Freyre, no Recife, encerrou o ano passado com recorde na movimentação de passageiros. Passaram pelo terminal 8.531.312 pessoas até o dia 31 de dezembro último.

O número supera o registrado em todo o ano de 2018, que foi de 8.422.566 passageiros, entre embarques e desembarques. Para o secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes, a conquista é resultado do investimento constante em ações promocionais do destino e de atração de novos voos. Recentemente, foram anunciadas mais quatro frequências diretas semanais para Buenos Aires e uma para Montevidéu pela Azul.

“É, sem dúvida, uma grande conquista para Pernambuco. O Recife é a porta de entrada dos visitantes para todo o Estado e o nosso aeroporto é um dos melhores do País. Somos o terceiro terminal da Infraero em volume de passageiros e, de longe, o maior do Nordeste. Contamos com parcerias importantes com as companhias brasileiras Azul – que aqui tem seu hub -, Gol e Latam, além das internacionais TAP, Copa Airlines, Air Europa e Cabo Verde Airlines. O caminho para o crescimento é este, andar junto com o trade, fazer um trabalho conjunto forte, para seguirmos crescendo”, salienta Novaes.

Os dados positivos sinalizam o dever cumprido com louvor pela Infraero no Aeroporto do Recife. A estatal se despede da administração do equipamento em fevereiro. A partir do próximo dia 11, a espanhola Aena assume a gestão do aeroporto, com a missão de expandir ainda mais a capacidade do terminal.

“Estamos muito esperançosos com essa nova parceria que começará às vésperas do Carnaval. A Aena assume o aeroporto com ele operando em carga máxima, recebendo a multidão de visitantes que vêm brincar a festa no Estado. É, sem dúvida, uma ótima maneira de iniciar um novo trabalho, que aponta para muitos bons frutos, em breve, para Pernambuco. A Aena é do grupo Globalia, o mesmo da Air Europa, que liga o Estado à capital espanhola, e demonstrou interesse em voar também dentro do Brasil. Sem dúvida, muitos novos negócios podem vir daí. De nossa parte, nosso compromisso é o de intensificar ainda mais, em 2020, o trabalho de captação de novos voos”, finaliza o secretário.

VEREADOR 2020: Estratégias e tatícas para uma campanha vencedora