Pastor Cleiton Collins vai respeitar o rito regimental na Alepe

CleitonO deputado estadual acredita que unidade e diálogo conduzirão a eleição para mandato-tampão do próximo presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco

Presidente Interino da Assembleia Legislativa de Pernambuco, o Pastor Cleiton Collins (PP), tem trabalhado nos bastidores da casa para manter a consonância entre os 49 deputados estaduais até a escolha do presidente-tampão, que assumirá o posto até o final da legislatura vigente. Para isso, vai respeitar o rito regimental, que determina o prazo de até cinco reuniões, para, assim, ser realizada nova eleição para vaga de presidente da casa.

“Estou trabalhando com todas as forças para manter a harmonia da casa, ouvindo cada um dos 49 deputados, dando continuidade ao trabalho realizado por Guilherme Uchôa (PSC)”, explica Collins, que preza por manter a unidade do Partido (PP), que fará a indicação de um novo nome para assumir a cadeira. “Não vamos antecipar as eleições, pois é preciso respeitar o prazo definido pelo regime da casa, sem atropelos e mantendo o ritmo de trabalho, pois, todas as demandas que estavam encaminhadas estão sendo tocadas, juntos aos demais deputados, deliberando em comum acordo”, enfatiza ele, destacando o respeito à proporcionalidade do PP. “Garanto que não haverá bate-chapa no PP, que sairá unido após esse processo”.

Pastor Cleiton Collins é o parlamentar mais votado por três vezes consecutivas do Estado. Responsável pela edição de emendas direcionadas para os 185 municípios pernambucanos, seu objetivo é levar recursos para diversas áreas, em todas as regiões, visando sempre o desenvolvimento de Pernambuco. Foram mais de 104 projetos de lei apresentados, 575 indicações, é autor de 200 requerimentos, além de muitos projetos importantes voltados para áreas de saúde, educação, segurança, e combate às drogas, fator contributivo para a redução da violência no Estado, através de sua luta incansável pelo reconhecimento do trabalho desenvolvido pelas comunidades terapêuticas, no que se refere à assistência, acolhimento e tratamento de dependentes químicos e seus familiares. “Estou trabalhando incansavelmente pelo povo pernambucano. Esse momento é, sobretudo, para prestar contas à população que confiou no meu trabalho, intensificando-o. Estou à disposição tanto na Alepe quanto focado em participar do conselho político que vai deliberar sobre a construção da chapa majoritária para as próximas eleições, que acontecem em outubro deste ano”, finaliza.

Deixe um comentário:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Current ye@r *