Rodrigo Maia pede respeito ao resultado de votação sobre medidas anticorrupção

O presidente da Câmara destacou que as votações foram todas feitas no painel eletrônico, para garantir a transparência, e que a maioria venceu a minoria 

Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Sessão extraordinária para discussão e votação de projetos. Presidente da Câmara dep. Rodrigo Maia (DEM-RJ)
Rodrigo Maia: a minoria tem de respeitar o que a maioria construiu em Plenário

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse em Plenário que o resultado da votação do pacote anticorrupção, realizada na madrugada desta quarta-feira (30), precisa ser respeitado. Ele destacou que as votações foram todas feitas no painel eletrônico, para garantir a transparência, e que a maioria venceu a minoria. “É preciso aprender a perder”, disse.

A votação foi objeto de críticas por parte de magistrados e integrantes do Ministério Público por conta de alterações feitas pelos deputados ao texto na fase dos destaques. Foi incluído no texto o crime de abuso de autoridade de juízes e procuradores. E foram retirados diversos pontos aprovados pela comissão especial que analisou a proposta.

“Muitas coisas importantes foram aprovadas e outras, que a maioria do Plenário decidiu que não respeitavam o Estado democrático de direito, foram rejeitadas”, disse Maia.

(mais…)

Leia Mais





Orquestra Meninos do Ipojuca realiza concertos musicais de natal em todo município

Repetindo uma celebração realizada desde a sua fundação em 2014, a Orquestra Criança Cidadã – Meninos do Ipojuca, implantada pela Prefeitura, através da Secretaria Especial da Juventude e Esportes (Sejuve) em parceria com a Associação Beneficente Criança Cidadã (ABCC) realizará uma série de apresentações musicais em todo o município para comemorar o período natalino e o aniversário de dois anos do bem sucedido projeto. Os concertos passarão pelos distritos de Camela, Serrambi, Ipojuca-Sede, Porto de Galinhas e Nossa Senhora do Ó, durante o mês de dezembro. (mais…)

Leia Mais



Magistrados e membros do MPPE promovem nesta sexta-feira ato de repúdio contra tentativa de impedir o combate à corrupção

Magistrados e membros do Ministério Público de Pernambuco promovem, nesta sexta-feira (2), mobilização de repúdio contra a tentativa de criminalização dos agentes públicos que atuam no combate à corrupção. O ato será realizado às 11h, no hall do Fórum Rodolfo Aureliano, no bairro de Joana Bezerra, no Recife.

Entre as às iniciativas legislativas que atentam contra o estado de direito está a votação das mudanças no pacote anticorrupção aprovadas na Câmara dos Deputados para punir juízes e promotores. Aprovadas durante a madrugada dessa quarta-feira (30), as mudanças transformaram um projeto de iniciativa popular, que contou com 2 milhões de assinaturas e traziam propostas legítimas, em um pacote que não atende aos interesses da sociedade e tem como objetivo de evitar um trabalho sério e efetivo de combate à corrupção.

A mobilização dessa sexta no Recife é organizada pela Frente Associativa da Magistratura e do Ministério Público de Pernambuco (Frentas-PE), integrada pela Associação dos Magistrados de Pernambuco (AMEPE), Associação do Ministério Público de Pernambuco (AMPPE), Associação dos Magistrados Trabalhistas de Pernambuco (AMATRA VI) e Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT) e Associação Nacional dos Procuradores da República.

Leia Mais



Presidente da Associação dos Juízes Federais diz que democracia sofreu atentado

O presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), Roberto Veloso, condenou nesta manhã a votação na madrugada do substitutivo do projeto das 10 Medidas de Combate à Corrupção que desfigurou a  proposta inicial e incluiu alterações polêmicas como a previsão de punir por crime de abuso de autoridade magistrados, procuradores e promotores.

  “Na madrugada de hoje na Câmara dos Deputados ocorreu um atentado à Democracia brasileira. Enfraquecer a Magistratura criando crimes pela atividade cotidiana dos juízes é favorecer a prática da corrupção”, afirmou Veloso.

A democracia acabou. O Congresso provou que não defende os interesses do povo, mas sim , seus próprios interesses.

 

fonte:https://www.papotv.com.br/posts/presidente-da-associacao-dos-juizes-federais-diz-que-democracia-sofreu-atentado

Leia Mais