OAB Pernambuco discutirá direito e saúde das pessoas com deficiência em palestra gratuita nesta quinta-feira (27)

O desafio de nascer com deficiência no país é tema da palestra gratuita que a OAB Pernambuco promoverá nesta quinta-feira (27), a partir das 18h30, na sede da Seccional, no Recife. A abordagem será conduzida pela médica geneticista Paula Arruda, profissional do Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (Cisam/UPE) e diretora da Associação Novo Rumo. A exposição será complementada pelo advogado Mateus Costa Pereira, vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência da OAB-PE (CDDPD). Ele falará a respeito da legislação brasileira na área.

Segundo José Diógenes Cezar de Souza Júnior, organizador do evento, uma das motivações para a sua realização foi a necessidade e a importância de mostrar os deveres do Estado para o público, principalmente em relação ao acesso das pessoas com deficiência a direitos básicos como saúde e transporte público. Conselheiro seccional e membro da Comissão de Direito e Saúde (CDS) da OAB-PE, ele apontou a dificuldade no recebimento do cartão do Vale Eletrônico Metropolitano (VEM) e a falta de tratamentos médicos como alguns principais problemas enfrentados por indivíduos com esse perfil.

A realização do encontro é uma articulação entre a CDDPD e a CDS, com apoio da Escola Superior de Advocacia Professor Ruy da Costa Antunes (ESA-PE). As palestras são voltadas sobretudo para profissionais e estudantes de direito, mas as vagas estão abertas ao público em geral. Inscrições podem ser feitas pelo link https://goo.gl/3oGnxD.

Mais – O advogado Mateus Costa Pereira é doutor em Direito pela Universidade Católica de Pernambuco (Unicap). Ele ainda atua como consultor jurídico e professor em diversos estabelecimentos de nível superior na capital e no interior do estado, como Unicap, Autarquia de Ensino Superior de Garanhuns (Aesga), Uninassau, pós-graduação da Universidade Federal de Pernambuco e Escola Superior de Magistratura Trabalhista do TRT da 6ª Região (TRT-PE).

Mestre em Tocoginecologia, Paula Arruda é diretora da Associação Novo Rumo, organização sem fins lucrativos criada em 2006 e sediada no Recife, que atende pacientes com até 10 anos de idade. A instituição é referência em serviços de reabilitação de indivíduos com síndromes – em especial, bebês com Síndrome de Down -, paralisia cerebral e/ou deficiência intelectual ou auditiva, além de oferecer aconselhamento genético para casais e crianças. Para desenvolver seu trabalho a ONG conta com equipe multidisciplinar e rede de médicos colaboradores. A associação é mantida pela diretoria, por doações e pela contribuição simbólica dos usuários atendidos.

Serviço:

Palestra gratuita Pessoas com deficiência: direito e saúde em debate

Quando: nesta quinta-feira (27), a partir das 18h30

Onde: no auditório da sede da OAB Pernambuco (Rua Imperador Pedro II, 235, Santo Antôno, Recife)

Inscrições e informações: pelo link https://goo.gl/3oGnxD

 

Deixe um comentário:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Current ye@r *