NOTA DE ANDERSON FERREIRA É FALSA. DIZ ASSESSORIA DE NECO

Com relação, as acusações referidas pelo candidato Anderson Ferreira, e aos processos não comprovados contra o candidato Neco,  é um fato sem nenhuma comprovação legal, pois se assim o fosse, o candidato Neco, não seria sequer candidato a prefeito de Jaboatão dos Guararapes, pois a justiça eleitoral tem sido rigorosíssima, em relação aos antecedentes criminais dos candidatos, exigindo a apresentação de certidões criminais da justiça estadual de 1º e 2º graus, e da Justiça Federal, também de 1º e 2º graus, além da certidão atualizadissima, do Tribunal de Contas da União, que ateste a “FICHA LIMPA”,  de cada candidato, sem o que nenhuma candidatura seria DEFERIDA.

Portanto, a afirmação caluniosa do candidato Anderson Ferreira, será denunciada através de representação criminal, ajuizada pela a assessoria jurídica do candidato NECO, para que o Sr. Anderson Ferreira, seja punido na forma da legislação penal vigente no País.

Com relação as agressões referidas, logo após o debate da Radio Jornal no dia de hoje, na verdade a militância do candidato a prefeito do PDT Neco, é que foi agredida por militantes do candidato a prefeito Anderson Ferreira, aos gritos de “FAVELADOS E LADRÕES”, ditos agressores partiram para a agressão física dos correligionários de NECO, tendo dois integrantes, um deles identificado como Caio Moura, e o outro identificado por Luiz Felipe, agrediram fisicamente uma senhora grávida de quatro meses de nome Joseane Cristina da Silva; a outra uma idosa de mais de 70 anos chamada Mariza Correia de Menezes, que foi hospitalizada pois ficou impossibilitada de se locomover uma vez que estava com a perna inchada devido a chutes violentos desferidos pelos agressores, Caio Moura e Luiz Felipe; e a Sra. Fabiana Barbosa de Lira, que também foi agredida fisicamente, pelos citados vândalos, conforme demonstrado nos laudos médicos em anexo.

As vítimas, compareceram a Delegacia de Plantão de Santo Amaro que estava em greve. Porém, foi acionada a Policia Militar de Pernambuco, que registrou o Boletim de Ocorrência (documento anexos),  para que os advogados do candidato Neco, ofereçam representação criminal contra ambos, por agressão física a pessoa idosa, bem como, contra mulheres, inclusive uma delas grávida, que são protegidas pela legislação vigente.

A irresponsável nota publicada pelo candidato Anderson Ferreira, cita ainda o suposto caso da esposa do Candidato NECO, o que sem sombra de dúvidas trata-se de uma denuncia totalmente sem respaldo legal, partindo de uma pessoa, que não tem qualificação profissional, nunca tendo frequentado uma faculdade, e que nem mesmo comprovou a conclusão do segundo grau, uma vez que qualquer “rábula”, sabe que presidente de câmara de vereadores, não defere aposentadoria de quem quer que seja, pois se a mesma foi aposentada, pelos órgãos competentes de previdência municipal (JABOATÃOPREV), por ter ocupado legalmente os cargos, após pareceres jurídicos, com base na Lei Orgânica Municipal datada de 05/04/1990, pelo artigo 3º da Lei Complementar 001/93 e pelo Estatuto dos Servidores do Município do Jaboatão dos Guararapes Lei nº 224/96, provando assim que nenhum Vereador, nem o Presidente da Camara de Vereadores, tem poder para aposentar quem quer que seja.

Finalmente, é MENTIROSA a afirmação da nota expedida pelo candidato Anderson Ferreira, de que seus militantes, supostamente agredidos estavam se dirigindo para Delegacia de Santo Amaro, uma vez que a assessoria do candidato NECO, esteve durante toda a tarde na citada Delegacia, e não viram qualquer militante do candidato adversário, como também nem os Policiais Militares que redigiram o Boletim de Ocorrência foram procurados por qualquer militante de Anderson Ferreira.

Assina a Nota: Assessoria do candidato Neco – 13/10/2016

imagem-2 imagem-3

 

Deixe um comentário:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Current ye@r *