Não se pode falar em meritocracia quando se tem numa prefeitura mais de 1.000 cargos comissionados mandando em tudo. É um brincadeira de mal gosto.

Mritrocracia

Fico a pensar como os governantes utilizam de frases, palavras da moda e etc e tal para explicar o inexplicável. Ler agora a pouco que o Prefeito do Jaboatão quer discutir meritocracia com os professores, quando na máquina administrativa se tem mais de 1.000 cargos comissionados ocupando todas as funções de comando, isso sim, é brincar com inteligência do povo. Será que os servidores não podem gerir o destino do município, como ocorre em uma empresa privada? Vejamos, como se pode ter meritocracia se o modelo de gestão é centralizado e sem perspectiva para o funcionário de carreira?

A palavra meritocracia vem do latim mereo que significa obter, merecer e pode ser definida como forma de atuação baseada no mérito, na qual as posições hierárquicas e outras recompensas são conquistadas pelos colaboradores que atingem os resultados esperados e apresentam no dia a dia de trabalho as competências de liderança, técnicas e estratégicas estabelecidas previamente pelas organizações”.

Como pode o servidor público acreditar nesta meritocracia se as posições hierárquica do município é 100% definida por cargos em comissões indicados por terceiros? Pergunto: Quantos diretores, secretários, adjuntos e o escambau foram indicados por merecimento? Quais são os servidores que estão ocupando cargos nos últimos 5 anos fruto desta meritocracia? Até porque, estamos chegando aos 5 anos e só agora vamos falar em meritocracia? Será que está equipe com suas exceções tem esta competência para gerir as competências que o governo quer discutir?

Se o Sindicato cair nesta conversa de Meritocracia, estará fadado ao enfraquecimento.

Para se falar em Meritocracia é preciso antes de tudo melhorar o serviço público. Será que nós clientes estamos satisfeitos com o atendimento que hoje a prefeitura nos dar? Bem, fica aqui a questão.

O que o gestor precisa antes de falar em Meritocracia, é mandar muitos que hoje estão na gestão e não estão respondendo com competência suas atribuições de volta as origens, por outro lado, o governo deve ter a coragem de colocar nas mãos de um professor de carreira os destinos da educação da nossa cidade, isso sim, é um bom começo para começarmos a falar em Meritocracia.

Dica: A Máquina De Vendas Online 2018

Deixe um comentário: