Jaboatão continuará com carros oficiais para seus executivos. Só não serão exclusivo, como já ocorre.

Temos que ter muito cuidado com o que se anuncia pela imprensa, a questão é que as vezes o jogo das palavras podem ser uma pegadinha. É isso que o futuro Prefeito tenta fazer quando joga para o público, vejamos: Em uma nota pública o Prefeito diz que o exemplo começa com ele. “O exemplo começará por mim, que também não terei carro oficial”. No entanto, antes desta declaração ele diz o seguinte; “O futuro gestor avisa que nenhum dos seus auxiliares terá carro oficial para uso exclusivo. ” Perceberam, o carro oficial continua, a questão é de exclusividade, o que já ocorre na gestão do Prefeito que sai. Puro jogo de palavras. Estamos de olho.

Deixe um comentário:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Current ye@r *