Fragilidades no governo de Anderson Ferreira será a grande arma da oposição para vencer as eleições em 2020

Um governo que com mais de 70% do mandato exercido e que até agora não apresentou uma marca de gestão, e as poucas que menciona vem de ações do governo anterior ao seu, e que de certa forma tenta assumir como sua, está feito cachorro quando ver um carro em andamento e começa a latir, no entanto, quando o carro para, fica sem saber o que fazer, esta tem sido a marca da atual gestão, o que pode-se chamar de gestão pipoca, esquenta muito, mais não sabe qual milho vai virar pipoca. Tem sido assim a gestão atual, infelizmente para a população que não ver saúde, não educação, não ver infraestrutura, não ver limpeza urbana, não ver perspectiva alguma de melhora, tem sido a grande prejudicada, portanto, estas fragilidades é que está provocando na população uma das maiores rejeições nas camadas mais pobres da cidade atual gestão, por isso a chance da oposição apresentar uma nova alternativa, que mostre que a oposição não quer o poder simplesmente, e sim, a grande pergunta que têm que responder: porque a oposição que governar a cidade? Este tem que ser o debate nos grupos de oposição que pretende apresentar para a população uma alternativa que venha base da cidade. Por tudo isso, o governo começa a tentar desarticular a oposição para quem sabe disputar e ganhar no WO, o que não acontecerá.

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Current ye@r *