disque-caminhoneiro-tira-duvidas-sobre-novo-acesso-ao-porto-de-suape,-via-patios-de-triagem

Disque Caminhoneiro tira dúvidas sobre novo acesso ao Porto de Suape, via pátios de triagem

suape

Soft opening para caminhões de contêineres foi prorrogado até o dia 10 de agosto

O Disque Caminhoneiro, serviço gratuito disponibilizado por Suape para prestar apoio à categoria com informações sobre os serviços essenciais no Estado durante a pandemia da Covid-19, passa a funcionar com um outro enfoque, a partir da próxima segunda-feira (03): tirar dúvidas sobre o novo acesso ao Porto de Suape, via pátios de triagem. O telefone 0800.095.0448 continuará operando 24 horas por dia, nos dias úteis, por tempo indeterminado.

Três pátios de triagem de caminhões foram inaugurados no dia 20 passado pelas empresas Sulog, Cone e Êxito e vinham funcionando em regime soft opening (gratuitamente) até este domingo (2). Após vistoria realizada nesta sexta-feira (31), os dois primeiros tiveram homologação para operar formalmente e o da Êxito deve receber autorização nos próximos dias, pois ficou com uma pendência documental.

“Também há um ajuste de sistema a ser feito no Tecon, então os caminhões de cargas conteineirizadas se manterão em soft opening até o próximo dia 10”, afirma Millena Siqueira, coordenadora de concessões e participações de Suape. “Ainda identificamos pequenos ajustes a serem realizados, nos pátios, mas nada que interfira na operação, vamos continuar orientando os caminhoneiros, tirando suas dúvidas e acompanhando tudo de perto, para que o serviço funcione da melhor maneira possível”.

Todos os caminhões que acessam o Porto devem estar previamente agendados e triados. A triagem é automatizada, garantindo mais agilidade nos serviços dos caminhoneiros durante o processo de coleta e descarga nos 21 terminais presentes na área do Porto Organizado. Cada pátio conta com 500 vagas estáticas. Todos operam 24 horas por dia, de domingo a domingo. O investimento total dos três projetos foi de R$ 70 milhões, com geração de 140 empregos diretos e 463 indiretos. 

“O principal ganho com os pátios é a questão da segurança dos caminhoneiros e de toda a comunidade portuária. E como o sistema passou a ser automatizado, teremos maior controle de informações e isso nos ajudará a tomar decisões mais assertivas e, em um curto espaço de tempo, vamos ter melhorias operacionais significativas”, explica o presidente do Porto de Suape, Leonardo Cerquinho. 

O ordenamento do tráfego de veículos dentro do Porto está previsto na Resolução 3274/2014 da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), que determina ser de competência da Autoridade Portuária fiscalizar o acesso à área do Porto Organizado e estabelece infrações administrativas, caso as atribuições não sejam desempenhadas a contento. A implantação dos pátios também está de acordo com determinações da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) no que diz respeito à fiscalização do transporte rodoviário de cargas.

As tarifas mínimas estabelecidas pelas credenciadas variam, de R$ 30 a R$ 60, dependendo do pátio, e estão em convergência com os preços praticados em outros pátios de triagem de caminhões em operação no território brasileiro. O valor da tarifa deve ser arcado ou repassado pelo dono da carga, ou seja, deve estar incluso no total do frete das mercadorias.

EXCEÇÕES – Estão dispensados de acessar os pátios de triagem os caminhões relativos à carga de projeto ou carga de operação especial; serviços internos do porto; obras de ampliação de infraestrutura, manutenção e reparos em geral; suprimentos para embarcações; veículos tipo cegonha; caminhões de instituições e órgãos públicos. Nesses casos, a administração portuária receberá a comunicação dos próprios terminais ou empresas responsáveis e fará a liberação da entrada desses veículos.

Apesar da reabertura dos estabelecimentos comerciais no Estado, o serviço de apoio aos caminhoneiros com mapas interativos e telefones de serviços essenciais do Estado continua disponível no site de Suape para consulta.

Foto: Danielle Coutinho/Divulgação Suape

Curso: A Fórmula do VOTO

Deixe um comentário: