Depois de Geraldo Melo e Humberto Barradas (1997), o próximo Prefeito de Jaboatão será um Jaboatanense

sem rostoFazendo uma análise dos últimos Prefeitos da nossa cidade, podemos dizer com muita franqueza que desde 1997 quando tivemos o último Prefeito eleito e filho da cidade que nosso município não tem sorte e paga um preço caro por isso. Em 1998 inauguramos o período dos chamados Prefeito sem identidade com a cidade. Para lembra a história, o último Prefeito filho da cidade, foi o saudoso José Humberto Lacerda Barradas (1993-1997) – Filho do ex-prefeito homônimo, depois de Barradas, chegaram pela falta de união, os seguintes Prefeitos que não tinham identidade com o município, são eles: Newton D’Emery Carneiro (1997-2000) – Sofreu uma intervenção em 1999 assumindo Byron Sarinho e, posteriormente o vice Fernando Rodovalho; Fernando Antônio Rodovalho (2001-2004) – Era o vice de Newton que ganhou a eleição seguinte; Newton D’Emery Carneiro (2005-2008) – Assume novamente e quase sofre outra intervenção no fim do mandato, depois, Elias Gomes da Silva (2009-2016) Elias Gomes foi o único prefeito eleito a exercer dois mandatos consecutivos em Jaboatão e o atual Anderson Ferreira (2017).

A próxima eleição, será a retomada da Prefeitura pelos cidadãos Jaboatanenses, pelo menos é o que mostram as sinalizações políticas de alguns grupos que começam a se reagrupar por tipo e áreas de interesses. A experiencia até agora só serviu para consolidar grupos individuais que chegaram de fora e se consolidaram no estado através de Jaboatão. No comando destes grupos que chegaram de fora, sempre pessoas que se aproveitaram da falta de união e lideranças para se completarem e estabelecerem sua base política. Uma das características destes grupos é a não continuidade na cidade, do mesmo jeito de chegam, eles saem, saem porque não conhecem as diversas cidades que existem em uma só.

Próxima eleição, o cenário mostrar que a movimentação política começou muito cedo, antes se esperavam os salvadores da pátria para em torno deles se agruparem, dois anos antes das eleições, grupos se movimentam na busca de alternativas e outros começam a discutir um projeto de cidade, tanto um como o outro, tem o mesmo objetivo, e de recuperar a cidade dos que não a conhecem. Não se subestima na política ninguém, nem mesmo os que parecem estarem parados para alguns. 2020, Jaboatão será devolvido aos Jaboatonenses, de forma a voltar a ser e ter liderança no Estado. Quem será o nome? Só com o tempo e o trabalho.

 Lista dos Prefeitos do Jaboatão:

  1. Cel. Joaquim Xavier Carneiro de Lacerda (1892-1895) – Primeiro prefeito e dono do Engenho Bulhões.
  2. Manuel Xavier Carneiro de Albuquerquerque (1895-1898) – Proprietário do Engenho Palmeiras
  3. Cel. Joaquim Maximiano Pereira Viana (1898-1901) – Proprietário do Engenho Pereiras
  4. Dr. Joaquim Carneiro Nobre de Lacerda (1901-1904) – Proprietário do Engenho Santana
  5. Antonio de Souza Leão (1904-1907) – Dono do Engenho Morenos e neto do Barão homônimo.
  6. João de Souza Leão (1907-1910) – Dono do Engenho Tapera em Bonança.
  7. De 1910 a 1913, devido às tensões na política estadual, cinco prefeitos governaram: Joaquim Nobre de Lacerda, José Mariano Carneiro Leão, Sivério Batista Magalhães, Luis Gonzaga Maranhão e Praxedes Brederodes Costa.
  8. Fábio Carneiro de Albuquerque Maranhão (1913-1916) – Dono do Engenho Novo da Muribeca.
  9. Carlos Alberto Paes Barreto (1916-1919) – Era advogado e morreu no último ano do mandato.
  10. Arnaldo Xavier Carneiro de Albuquerque (1919-1922) – Dono do Engenho Palmeiras e sócio da Usina Muribeca.
  11. Francisco Antônio Brandão Cavalcanti (1922-1926) – Proprietário do Engenho Jangadinha.
  12. Fabio Albuquerque Maranhão (1926-1930) – Prefeito pela segunda vez
  13. Entre 1930 e 1934 governaram os prefeitos-interventores: Antonio de Paula Carneiro da Cunha e Epitácio de Oliveira Belém.
  14. Epitácio de Oliveira Belém (1934-1937) – Governou de novo desta vez eleito.
  15. De 1937 a 1947, época do estado Novo, foram nomeados os seguintes prefeitos: Luís Gonzaga Maranhão, Carlos Barboza da Paz Portela, Davino Ribeiro de Sena, José Carneiro de Barros, Evandro Luís Neto, Dr. Clóvis Wanderley e o Dr. Aníbal Varejão.
  16. Dr. Manoel Rodrigues Calheiros (1947-1951)- Considerado o primeiro prefeito comunista do Brasil
  17. Humberto Lins Barradas (1951-1955) – Dono do Engenho Megaype de Cima em Muribeca.
  18. Dr. Aníbal Varejão (1955-1959) – Derrubou o prédio da prefeitura construindo outro no lugar e acusado de matar o Dr. Luís Regueira.
  19. Humberto Lins Barradas (1959-1963) – Prefeito pela segunda vez.
  20. Vicente Alberto Carício (1963-1968) – Teve o mandato prorrogado por mais um ano.
  21. José Fagundes de Menezes (1968-1973) – Governou apenas 3 meses pois foi cassado pelo AI5 (Governo Militar). Assumiu em seu lugar o interventor General Heitor de Melo Machado.
  22. Severino Claudino da Silva (1973-1977) – Era comerciante.
  23. Geraldo José de Almeida Melo (1977-1982) -Também era comerciante.
  24. José Fagundes de Menezes (1983-1988) – Sofreu mais uma intervenção no final do mandato assumindo o interventor Marcos Vasconcelos.
  25. Geraldo José de Almeida Melo (1989-1993) – Assumiu o governo pela segunda vez
  26. José Humberto Lacerda Barradas (1993-1997) – Filho do ex-prefeito homônimo.
  27.  Newton D’Emery Carneiro (1997-2000) – Sofreu uma intervenção em 1999 assumindo Byron Sarinho e, posteriormente o vice Fernando Rodovalho.
  28. Fernando Antônio Rodovalho (2001-2004) – Era o vice de Newton que ganhou a eleição seguinte.
  29. Newton D’Emery Carneiro (2005-2008) -Assume novamente e quase sofre outra intervenção no fim do mandato.
  30. Elias Gomes da Silva (2009-2016) Elias Gomes foi o único prefeito eleito a exercer dois mandatos consecutivos em Jaboatão.
  31. Anderson Ferreira (2017).

Deixe um comentário:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Current ye@r *