Com o Botão do Pânico, Jaboatão reforça proteção a mulheres vítimas de violência

Numa iniciativa pioneira no Nordeste, dispositivo será lançado nesta sexta (26), às 10h, no Ponto de Encontro das Comunidades (Pecom), em  Prazeres

Cinco meses depois da implantação da Patrulha Municipal Maria da Penha (PMMP), a Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes – em novo reforço às políticas públicas desenvolvidas no combate e prevenção à violência doméstica e familiar contra a mulher – lança, nesta sexta-feira (26), o Botão do Pânico. Pelo dispositivo, mulheres com medidas protetivas expedidas pela Justiça poderão acionar imediatamente a PMMP, em qualquer hora, no momento em que sentir-se ameaçada. A iniciativa é pioneira no Nordeste.

O lançamento será às 10h, no Ponto de Encontro das Comunidades (Pecom), em Prazeres, e terá a participação de representantes do Governo do Estado, Polícia Militar, secretarias municiais da Mulher e do Poder Judiciário. Também estará presente a diretora Rosângela Nielsen, do Instituto de Tecnologia Preventiva (INIP), do Espírito Santo, que detém a tecnologia e foi responsável pela implantação do sistema na capital Vitória, o primeiro município do país a implantar o Botão do Pânico.

A secretária executiva da Mulher de Jaboatão, Ana Selma Santos, explicou que o Botão do Pânico facilitará a atuação da PMMP em ações mais emergenciais. Ao acionarem o dispositivo, que tem semelhança com alarmes de automóveis, uma mensagem com o nome da mulher e o seu endereço será sinalizada tanto na central de monitoramento quanto no smartphone da equipe da Patrulha Maria da Penha, o que viabiliza uma investida mais rápida, protegendo a possível vítima.

ATENDIMENTO 24H – O aparelho também permite gravar conversas, que poderão servir de prova judicial contra o possível agressor. O atendimento funcionará 24 horas por dia e os chamados serão atendidos em tempo hábil, podendo ser feito ou pela equipe da Patrulha Maria da Penha ou por integrantes das Polícias Civil ou Militar que estejam mais próximos.

Para a implantação do sistema, a partir de uma parceria com o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), a Prefeitura investirá R$ 13 mil com o custo de manutenção mensal. Inicialmente, a gestão municipal disponibilizará dez aparelhos, numa fase piloto, mas em breve esse número será ampliado. O contrato com a INIP, ganhadora da licitação, permite chegar a até 700.

“Estamos no momento com capacidade para trabalhar com 50 botões. De início, iremos disponibilizar 10 para esta fase. Mas, em breve, outros serão entregues a mulheres vítimas de violência no município”, explicou a secretária Ana Selma, na terça (23), durante o treinamento para implantação do sistema, do qual participaram profissionais da Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, Polícia Militar, Guarda Municipal e Delegacia da Mulher, além da própria PMMP.

SERVIÇO 

Lançamento do Dispositivo de Segurança  Botão do Pânico, em Jaboatão.

Dia: 26/08/16

Hora: 10h

Local: Ponto de Encontro das Comunidades (Pecom) – Viaduto Geraldo Melo, Prazeres. 

Deixe um comentário:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Current ye@r *