Jaboatão poderá ser a única cidade do país a não ter eleição do conselho tutelar

A Lei nº 12.696/2012 (Anexo I) estabeleceu a necessidade de um processo de escolha dos membros do Conselho Tutelar em data unificada em todos os municípios brasileiros como resultado de amplo debate no colegiado do Conanda e chancelado pela SNDCA.

Os Conselhos de Direitos da Criança e do Adolescente (municipais, estaduais e nacional) são formados por representantes das organizações da sociedade civil e do governo, de forma paritária, e são responsáveis por deliberar e monitorar as políticas públicas a serem implementadas pelo Poder Público, nos mais diversos níveis, para plena efetivação dos direitos assegurados pela Constituição Federal à população infanto-juvenil, zelando pela observância do princípio constitucional da prioridade absoluta à criança e ao adolescente, em toda amplitude preconizada pelas disposições contidas na Lei nº 8.069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente).

De acordo com dados disponíveis no site da Agência Brasil1 e no Portal dos Direitos da Criança e do Adolescente, o Brasil conta com 5.956 conselhos tutelares instalados em 5.559 municípios. No intuito de cumprir a legislação que protege os direitos de crianças e adolescentes – para cada grupo de 100 mil habitantes, deve existir uma unidade com cinco conselheiros(as) tutelares – o país tem o desafio de criar mais 600 conselhos.

Conforme previsto no artigo 139, da Lei Federal nº 8.069, de 1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente), o processo de escolha dos membros do Conselho Tutelar deverá ser definido em lei municipal e será realizado sob a responsabilidade do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, com acompanhamento e fiscalização do Ministério Público. Os membros do Conselho Tutelar serão escolhidos pela população local, que precisa ser informada e mobilizada a participar desse processo.

A Comissão Especial tem composição paritária e sua atribuição é a realização do processo de escolha em data unificada dos membros do Conselho Tutelar que compreende: realizar reuniões, analisar os pedidos de registro de candidatura e dar publicidade à relação de inscritos, elaborar calendário prevendo etapas, cronograma, regulamentos, infraestrutura e todas as providências necessárias para sua execução. A Comissão terá seu trabalho encerrado após a divulgação no Diário Oficial ou em meio equivalente, do nome dos conselheiros tutelares titulares escolhidos e dos suplentes que serão listados em ordem decrescente de votação.

Segundo informações, apesar de ainda não poder afirmar que não haverá eleição, o fato é que existe alguns prazos que estão sendo prorrogados pelo CMDDCA, que não deram explicação para os pré-candidatos, isso já é a segunda vez que adiam, porém o resto do calendário está mantido. “O MP tinha nos informados que não viam motivos para tal, esclareço ainda que existe ações legais tramitando na justiça, mas não temos nenhuma decisão”. Disse um dos pré-candidato.

Bem, onde há fumaça pode até não existir mais fogo, mas, também pode.

Leia Mais

Jaboatão: Palácio terá um nome forte em Jaboatão para disputar a Prefeitura em 2020

O Governador Paulo Câmara já está avaliando os nomes que o PSB tem em Jaboatão, ou até mesmo outras lideranças próximas ao PSB e do Palácio para carimbar a presença do Partido em 2020. Jaboatão é uma cidade importante para os planos do PSB visando as eleições de 2022, uma cidade estratégica da região metropolitana e que pode ser o peso na balança que faltaria para a eleição do próximo governador de Pernambuco na sucessão de Paulo Câmara. Conversas vão ocorrer, inclusive o grupo de oposição da cidade deve ser procurado para uma conversa sobre as reais condições de se ter uma opção única, ou até três candidaturas, no máximo, para que a eleição seja decidida ainda no primeiro turno, claro, com a vitória do palácio, que teria um candidato, neste caso. Hoje o nome mais cogitado para assumir este desafio, ainda é o da Deputada Gleide Ângelo que é filiada ao PSB e foi a mais votada em 2018 no município.

A Candidatura no campo da oposição com reais condições de vitória passa a ser muito importante para as pretensões do PSB pernambucano, portanto, será levada a sério, até porque, o Partido não vai querer entregar o Estado tão facilmente. Hoje já se posicionam como de oposição, além dos 9 vereadores que já fazem este papel, o Deputado estadual e pré-candidato pelo PP, Joel da Harpa, o ex-prefeito Elias Gomes, filiado ao PSDB, e também pré-candidato, o Vereador Daniel Alves e Thiago Modenesi, ambos do PCdoB, que também despontam como provável nomes do Partido, o do Professor Fred Pinheiro que teve seu nome posto como pré-candidato e o do Professor Roberto Santos, além de outros. Os Ferreiras vão tentar lançar um nome em recife para negociar Jaboatão, no entanto, a postura de criticas ao governo do Estado não facilitou em nada este caminho, na realidade, o grupo dos Ferreiras querem e apostam que vão surfar na onda Bolsonaro.

Leia Mais

Cpl. W.Sandocan Dizem que “Depressão é a doença do século

E que milhares de pessoas morrerão dessa doença que mata as pessoas aos poucos.

Felizmente os que confiam e D’us não entrarão nessa estatística… Pois está escrito em Isaías 40: 31. mas aqueles que esperam no SENHOR renovam suas forças. Voam alto como águias; correm e não se fatigam, caminham e não se cansam.

Por isso devemos nos alegrar porque o Senhor nosso D’us ainda providência fontes no deserto, e mesmo em meio as muitas dificuldades que os justos atravessam Hashém nosso D’us nos concede a paz e o descanso além do refrigério na alma para continuar a caminhada, e continuarmos crescimendo de degrau em degrau, de glória em glória, até chegarmos a estatura de varão perfeito, pois é bom e agradável a D’us que todos sejam salvos e cheguem ao plano conhecimento da verdade.

Cpl. W.Sandocan

Leia Mais

ARTIGO – Rômulo Félix: “Hoje quem é vergonhosamente “sinônimo de intervenção ” é o próprio Anderson Ferreira”

“Neco é sinônimo de intervenção “, quando Anderson Ferreira proferiu essa frase durante a eleição de 2016, acredito que ele estava à frente de um espelho:  refletindo a imagem do próprio Anderson e enxergando seu adversário …..como ele é hábil em iludir as pessoas, iludiu a si mesmo.

Hoje quem é vergonhosamente “sinônimo de intervenção ” é o próprio Anderson Ferreira.  Talvez chegue a tal ponto, com os rigores da lei, investigações já estão em curso, TCE, MPPE, CPI   batendo a porta etc.

“Nos Município, a intervenção far-se-á por decreto do governador do Estado. O decreto interventivo especificará a amplitude, o prazo e as condições de sua execução, e deverá ser submetido à Assembleia Legislativa no prazo de 24 horas.

  1. ii) não forem prestadas contas devidas, na forma da lei; (iii) não tiver sido aplicado o mínimo exigido da receita municipal na manutenção e desenvolvimento do ensino e nas ações e serviços públicos de saúde; (iv) o Tribunal de Justiça der provimento a representação para assegurar a observância de princípios indicados na Constituição ” ( informações do Dr  Paulo  Byron )”.

Talvez   sim, muito provavelmente não. Contudo, já existe “uma intervenção ” por grande parte da população, que se sentem   vítimas do estelionato eleitoral que nossa cidade vive.

Um índice de rejeição altíssimo, a inoperância da equipe, a ausência do gestor no município, as propagandas midiáticas e fantasiosas. Um conjunto de ações ou a falta delas, que brinca com a dignidade e o brio da população de Jaboatão dos Guararapes.  Está muito claro a real intenção do atual prefeito para com o município.  Ele leva ao extremo a “Lei de Gerson “, está desacatando as funções do poder executivo em detrimento de interesses pessoais.

Poder e ambição política precedem o nome de Anderson Ferreira: “animus abutendi “. Em dois anos e sete meses de mandato do prefeito, Jaboatão está uma lástima, postos de saúde sem médicos e sem medicamentos, escolas sem professores, ruas esburacadas e as comunidades mais carentes abandonadas. Todavia, o projeto pessoal e familiar está indo bem!!

A visibilidade que Jaboatão proporciona é grande, mesmo que para isso ele faça uma cortina de fumaça para esconder o descalabro que é a sua administração. E com pose e ostentação grita para quem é de fora que Jaboatão está indo bem. Eu sou de Jaboatão, e estou vendo tudo que está acontecendo, eu e muitos Jaboatonenses. Ética é uma verdade absoluta. Moral, já é uma variável, dependendo da opção de cada um.

Rômulo Félix é morador de Jaboatão

Leia Mais

Dada a largada para as grandes cruzadas evangélicas nos municípios onde existem interesses de eleger ou reeleger evangélicos, cuidado com a brincadeira de crente

Tenho me perguntado muito sobre as ações de pastores e fiéis no uso indiscriminados da crença em benefício dos resultados eleitorais, sou do tempo em que as grandes cruzadas existiam, no entanto, os pastores se limitavam a ganhar vidas para jesus, os políticos existiam? Sim, mais passavam longe destas ações de missões, até porque, as igrejas tinham uma relação equidistante com a política. Lembro-me que já fui candidato a Vereador e nunca pedi voto na minha igreja, na época, e tinha um Pastor muito politizado e que nunca usou o púlpito para pedir votos, o máximo que ele fez uma semana antes da eleição, foi o seguinte; “Meus irmãos, no próximo domingo teremos a eleição na cidade do Recife, aqui em nossa igreja temos dois nomes que estão sendo colocado nas urnas, quem não tiver candidato e queiram conversar ou votar em um destes fiquem a vontade”, depois pediu para os dois ficarem de pé e encerou a apresentação.

Hoje, os tempos mudaram, as pessoas e pastores assumiram de vez o caráter da política no país, alguns esqueceram o primeiro amor e utilizam-se de todo o material humano e eletrônico para criar verdadeiros universos políticos em nome de Deus. O interessante é que em vésperas de uma eleição, as ações aumentam e elas são levadas como se fosse uma conquista de A ou B, infelizmente, aí a emoção vem a flor da pele, são cantores renomados com altos valores, são musicas que mexem com o nosso sentimento e emoção e testemunhos de vidas que mudam de fato a vida de muitos, mas, o que queremos de fato com as cruzadas? Ter uma oportunidade de ser cristão ou ter a oportunidade de uma eleição ou mesmo uma reeleição? Sei que se falarmos, as pedras clamaram, também sei que muitos estão clamando e não ouvimos a sua voz, porque o som das cruzadas estão muito alto.

Pense nisso!

Leia Mais

O Prefeito de Petrolina em 2 anos construiu 18 quadras de esportes, e o de Jaboatão?

Infelizmente temos que comparar, Petrolina vejamos: População estimada em 343.865 pessoas, receita realizada R$ 669.779,18. Vejamos Jaboatão, 644.620 pessoas e receitas realizadas de 1.323.478,88, claro que teríamos outros números para compararmos, no entanto, vamos ficar com estes apenas, bem, em números podemos dizer que praticamente Jaboatão tem duas vezes mais a população e a receita do que Petrolina, quer dizer, o que falta para que Jaboatão tenha um desempenho melhor do que o que está acontecendo agora? Resposta, Gestão de quem está a frente da Prefeitura. Petrolina em dois anos 18 quadra esportiva, e Jaboatão? Pense nisso!

Leia Mais

DOÍ NA COLUNA DESTA SEXTA FEIRA: Eleição 2020 no cardápio dos políticos de Pernambuco

A eleição de 2020 já passou a ser o principal prato no cardápio dos políticos do Estado. Mesmo a um ano das eleições, os grupos políticos das cidades do nosso estado começam a se articular e a definir palanques e possíveis nomes para a disputa em 2020. Mais o que está em jogo neste cenário de incertezas na política nacional, e, local? Importante lembrar que estamos vivendo um momento de transição na política de Pernambuco, transição de verdadeiros clãs e consolidação de outros que nos últimos 10 anos começaram a crescer no Estado e que já começam dando as cartas na política local e nacional. Vejamos:

A transição no grupo de Jarbas e que tem no Deputado Raul Henry a responsabilidade da assumir o legado do senador, este grupo, apesar de importante vai ter que arriscar mais em novas lideranças políticos para sobreviver nos próximos 10 anos.

O Grupo dos Mendonça que tem como liderança hoje e de reconhecimento nacional, o Ex-Ministro da Educação Mendonça Filho, saiu pequeno das eleições de 2018, terá uma missão ainda maior, a de eleger Prefeitos e Vereadores no estado para em 2022 tentarem voltar a cena política nacional, para isso, terá que apostar nas novas lideranças do Estado.

O grupo dos Coelhos que é tradicional no Estado e que nos últimos anos tem ocupado e renovado a sua participação nos diversos cargos, tanto na esfera municipal, quanto na estadual e nacional, no entanto, o seu fortalecimento não consegue sair do seio familiar, mesmo assim, cresceu muito e mantem-se fortalecido.

O grupo do PSB que ainda é protagonista no Estado e na Capital, mantem uma hegemonia, no entanto, dar sinais fragilização, função do tempo que controla o poder no estado e que pouco tem agregado aos aliados que apesar de estarem juntos, cada um alimenta a possibilidade de soltar a corda.

O grupo de Armando Monteiro que na última eleição teve uma derrota eleitoral, se conseguir manter-se unido, poderá ter êxito em 2020, já que as incertezas da economia poderá trazer o PTB a cena política em 2020.

Nos grupos novos e familiares, pode-se dizer que dois são emergentes ainda, o dos Ferreiras e o dos Costas, este dois que cresceram em torno das suas famílias, se não mudarem e não ampliarem a composição destes grupos, vão estacionar e aos poucos perderem massa muscular, isso se dar porque se não tiver o sangue e nome de família, ninguém entra. São as novas capitanias hereditárias em formação. Só os sobre nomes prevalecem, os outros que compõe o grupo são meramente prestadores de serviços, as vezes bem pagos. Isso é Pernambuco, isso é Brasil.

Leia Mais

DOÍ NA COLUNA DA QUARTA – Jaboatão: Um vice para chamar de seu

Jaboatão é uma cidade bastante acolhedora para os políticos que vem de fora da sua base fazer carreira política, isso se dar em função da cidade não ter nos últimos anos forjado uma liderança que tenha o cheiro e a confiança dos seus munícipes, por outro lado, pode-se dizer que, desde Geraldo Melo nenhum governante da cidade fez questão de formar quadros políticos que pudesse assumir o comando do município, e foi exatamente neste vácuo que as lideranças de fora conseguiram ocupar tal espaço, desde então, Jaboatão ainda não conseguiu ter um gestor que surgisse da sua base e que unisse os Jaboatonenses. Nesta falta de novos quadros, 2020 vem com este propósito, o de renovar as lideranças para o executivo municipal, neste sentido, é de extrema importância que novos nomes se coloquem como alternativa para o executivo da cidade, não importa se terão sucesso eleitoral, no entanto, a vitória será política, onde pessoas com pensamentos e propostas diferentes das que já são conhecidas e repetidas sejam avaliadas pelo eleitor.

Dados da última eleição no segundo turno, o atual Prefeito obteve 171 mil votos, o candidato Neco, obteve 121 mil votos e 151 mil eleitores não votaram nem em Anderson, nem em Neco, portanto, existe uma camada da sociedade que quer uma alternativa que venha com outro discurso e proposta para a Cidade.

Na coluna vertebral

Vice-Prefeito

Anderson Ferreira deve escolher um vice-prefeito que tenha a confiança de se reeleito e for candidato ao governo ele continuaria mandando em Jaboatão.

Partidos Jaboatão – Vereadores

Jaboatão terá 4 chapões definidos pelo Prefeito de Jaboatão

Renovação na Câmara de Jaboatão

Só 10 vereadores devem retornar em 2021

Quebrando a Coluna

Debanda da base na Câmara com data para acontecer, será em 2020, aguardem.

Enquete bem na Coluna dorsal

Numa enquete para Vereador pelo ZAP com 2.198 votos, os 5 maiores votados aparecem com:

COLOCAÇÃO NOME DO CANDIDATO %
1 Marlus Costa 25,16%
2 Jefferson da Tropical 7,28%
3 Biu da Feirinha 6,46%
4 Marcone do Society 4,41%
5 Wando de Zé Bom 3,41%

Leia Mais

Dois turnos em um só: Campanha em Pernambuco começa com polarização ferrenha

COLUNA DO BLOG: A falta de uma segunda via em Pernambuco tornou a campanha um alvo de um tiro só, pelo andar da carruagem, o certame deve acabar já no primeiro tiro, desta forma, os dois principais candidatos correm para alterarem esta possibilidade. De um lado, o atual governador, que tenta a sua reeleição, e parte na frente com possibilidade de acabar com a eleição já em outubro, e do outro lado o peso pesado, que ainda não conseguiu a leveza de um candidato que fale e expresse em discurso que o Pernambuco quer. Bem, como os outros candidatos não decolam e dificilmente vão passar dos dois dígitos, a eleição em Pernambuco deve mesmo ser final em outro, mesmo assim, e como em política tudo pode acontecer, inclusive nada, agora é sapato novo e muita andança pelo estado.

PP terá maior bancada na ALEPE em 2019

Não há dúvida mais que o PP deve eleger a maior bancada em 2019, provavelmente entre 17 e 18 nomes devem compor a bancada do Partido. Com isso, o Partido vai chegar com um peso definido na Assembleia.

Senado: Briga de gente grande.

Pelas pesquisas já publicadas, nenhum candidato pode ainda dizer que vai para Brasília, cinco nomes ainda com possibilidades de vencer as eleições: Jarbas, Humberto, Mendonça, Silvio Costa e Bruno Araújo. Bruno entra na briga depois que o PP decidiu apoiá-lo.

Os mais votados em Jaboatão para Deputado Estadual

Jaboatão com mais de 300 mil votos validos em 2019, deve ter cinco nomes que vão ter votos acima de 10 mil, são eles; Pastor Cleiton Collins (deve ter acima dos 40 mil), em segundo Manoel Ferreira (acima dos 30 mil), o terceiro, a filha de Lula Cabral, Neco, Lucas Ramos, Joel da Harpa e Elias Gomes (devem ter acima dos 15 mil).

Leia Mais

Terreno fértil para a oposição em Jaboatão, é só aprender a preparar o solo e plantar.

Um dos pontos importante que as eleições de 2016 deixou para os que fazem política em Jaboatão foi um solo fértil e bom para se fazer oposição, vejamos; depois dos resultados das urnas e a ausência total dos candidatos derrotados pós eleição, a exemplo de Heraldo Selva que obteve em torno dos 60 mil votos e foi para o governo do Estado, de Edmar de Oliveira que ensaiou uma candidatura e retirou-se da disputa e do ex-Vereador Neco que obteve mais de 120 mil votos e não se posiciona como oposição e, por fim, um eleitorado de mais de 150 mil votos que declarou nas urnas que não votaria em nenhumas das opções posta naquele pleito, pode-se dizer então que o nosso município está com um solo fértil e preparado para ser plantado com frutos bons para ser colhido em 2020, portanto, nunca se teve um ambiente tão propício para o crescimento de uma nova alternativa de poder em Jaboatão.

As redes sociais têm tido um papel importante neste contexto, hoje, qualquer cidadão pode se expressar da forma que quiser e sobre qualquer assunto através deste meio de comunicação tão poderoso, dificilmente se escondem hoje em dia dos olhos da população, neste sentido, não é só dizer que fez ou vai fazer, com as redes sociais os fiscais virtuais postam e mostram o contraditório entre o discurso e a pratica de quem quer que seja, logo, quem quer “SER” não basta dizer, o principal é o fazer, isso serve para a oposição e para quem detém momentaneamente o poder. O poder passa, o povo fica e os sonhos se renovam a cada instante.

Leia Mais

O Brasil apodreceu.

Estamos passando talvez pela pior crise brasileiro desde o seu descobrimento, digo, a pior, porque ela atinge todos os seguimentos da sociedade, desde as instituições religiosas que até então estavam de certa forma longe das benéficas do Estado brasileiro, e que agora se misturaram e hoje pouca ou quase nenhuma conseguimos separa-la do Estado, até o mais alto escalão da justiça brasileira, salvo poucas exceções, infelizmente.

Temos hoje uma das piores representações em todas as casas legislativas, assim como nos executivos de todo o país, é só olharmos os escândalos que aparecem todos os dias envolvendo estes parlamentares e executivos e até o judiciário, é desesperador o que estamos assistindo no nosso país, e o pior, com pouca ou quase nenhum sinal de que as coisas vão melhorar. Impressionante como um mandato legislativo ou mesmo executivo enriquece seus detentores em tão pouco tempo, são milhões e milhões de reais envolvidos nos desvios onde os principais envolvidos são membros de um destes poderes, nada contra quem quer ficar rico, agora, para quem ganha um salário de um Vereador, Deputado, Senador, ou qualquer outro cargo público, mesmo com os salários diferenciados em relação aos trabalhadores normais, jamais daria para enriquecer em 4 anos de mandato, isso é impossível, no entanto, no Brasil isso tem sido possível sim. (mais…)

Leia Mais

Aniversário Blog: Completamos 6 anos de blog e ultrapassamos os mais de 6 milhões de acessos.

Estamos completando 6 anos de blog do Roberto e ultrapassamos os mais de 6 milhões de acesso, neste período de eleição que compreendeu 60 dias, chegamos a ter em um único dia mais de 7 mil acessos.

Quero agradecer a todos os que de uma forma ou de outra contribuíram para que o blog alcançasse este reconhecimento em Jaboatão. Hoje recebemos e-mails de vários municípios do Estado, a exemplo de Ipojuca, Cabo, Olinda, recife, Jaboatão, Vitoria e outros que nos enviam notícias através das suas acessórias, assim como de diversos parlamentares.

Somos um blog que não temos patrocínio algum. Os que vocês vêm no blog é o da nossa Empresa de Consultoria, portanto, alinhar nossa atividade profissional ao blog tem sido um desafio constante, mesmo assim, é prazeroso poder contribuir para discursão de forma a trazer o contraditório, mesmo que não seja unanimidade e não tenhamos a concordância de todos.

Reclamávamos muito de não ter notícias sobre os bastidores da cidade, hoje temos outros blogs que também fazem isso, no entanto, nosso blog tem priorizado esta discussão e acompanhado, na medida do possível, todas as notícias relacionada a política da nossa cidade.

Obrigado,

Enquanto tivermos motivação e entendermos que vale a pena continuar noticiando estes assuntos, continuaremos com o trabalho.

Em Janeiro/17 vamos fazer um ato festivo com os amigos do blog.

 

Roberto Santos

Leia Mais