Sugestão: Exemplo que vem dando certo!

RodrigoDantasPara uma gestão que se prepara, se programa e prioriza as atividades importantes, em época de crise, os investimentos podem até ser reduzidos, mas não suspensos, principalmente em áreas de indispensável interesse da população, como a educação. É esse o exemplo que vem dando a Prefeitura de Jaboatão.

Não fosse a visão a longo prazo do prefeito Elias Gomes e a gestão corajosa que implantou no município, o ato de hoje não seria possível: a assinatura da ordem de serviço para a construção de 15 novas unidades de ensino na cidade.

Apesar dos cortes que foi obrigado a promover na máquina pública devido à crise que o Brasil enfrenta, mesmo diante deles, a gestão manteve os investimentos nas áreas mais importantes.

Nessa iniciativa, a Prefeitura de Jaboatão vai investir mais de R$ 15 milhões de recursos próprios nessa que é a maior obra, realizada de uma só vez, na infraestrutura educacional do município. As novas unidades devem ficar prontas até junho de 2016 e entrar em funcionamento no segundo semestre. Terão capacidade para atender mais de 3.100 alunos.

A verdadeira mudança que buscamos, principalmente em áreas mais carentes, deve começar pela educação de nossos jovens. E Jaboatão já vem colhendo os frutos de uma gestão que não pauta suas ações visando apenas os votos na eleição seguinte.

A cidade saltou da 10ª para a 1ª posição no IDEB. Ampliou o número de escolas em tempo integral. A Prefeitura fornece mais de 100 mil refeições diárias na rede pública municipal e investiu na rede física. Hoje, menos de 30% das 129 das escolas de Jaboatão estão em imóveis alugados. O município já ampliou o seu parque escolar com 31 unidades de ensino, por meio da compra do prédio, municipalização de escolas antes estaduais e construção de novas unidades.

Ficamos agora na torcida por uma mudança na grade curricular, na qual nossos jovens possam aprender na escola robótica, educação financeira e empreendedorismo. Sabemos que, com a tecnologia e o acesso à informação, as aulas tradicionais estão ficando obsoletas e já não conseguem mais prender a atenção dos alunos. A quantidade de informações que temos hoje na palma da mão permite essa mudança.

Parabéns ao prefeito e a toda a gestão por mais esse avanço em Jaboatão.

Rodrigo Dantas

Leia Mais

Dilma, o PT, o PMDB e a crise. Elias Gomes

Elias GomesElias Gomes

Pouquíssimos chefes de governo tiveram tantas chances de dar a volta por cima em momentos de grave crise como a nossa quase ex-presidente Dilma Rousseff.
O segundo governo Dilma agoniza desde antes da posse, em janeiro deste ano. Perdida nas armadilhas (algumas das quais ajudou a criar), sem rumo, sem direção, terceirizou o poder da forma mais explícita e escancarada. Como uma naufraga, agarra-se aos oportunistas de plantão (os mesmos que assumiram com ela o leme da embarcação furada em que se tornou o Palácio do Planalto), mesmo sabendo que o peso com o qual se abraça somente levará à submersão de um governo moribundo.

Hoje o condomínio ou loteamento do poder se distribui sem nenhum critério entre o PT, PMDB e meia dúzia de siglas também fisiológicas ou que apóiam a meia boca o meio governo. Exemplo disso está no PDT, que apóia e continuará apoiando pela metade um governo que não governa, além do PTB que, rachado, vai à televisão sistematicamente questionar de forma radical o governo que integra.

Como vai ” funcionar ” este governo? Os petistas ligados ao ex-presidente Lula, que reassumiu o poder, se reportarão a ele como ocupantes de ministérios estratégicos como a Casa Civil e Governo que comandarão a área política. Por outro lado, o PMDB (velho como nunca de guerra) amplia o seu espaço na esplanada, agora ocupando dentre outros o Ministério da Saúde, posto irresponsavelmente no ‘balcão’ moeda de troca, numa hora em que a saúde no Brasil agoniza e exigiria um tratamento de choque para tirá-la da UTI. Em vez disso é entregue à indigência da política do poder pelo poder.

A quem se dirigirão os ministros peemedebistas? A Dilma? Claro que não! Irão ao Palácio do Jaburu (onde despacha o vice-presidente Michel Temer) e aos gabinetes de suas excelências Eduardo Cunha (presidente da Câmara dos Deputados) que faz um jogo cretino de ter rompido com o governo e autorizar secretamente a negociação de cargos; de Renan Calheiros (presidente do Senado) e a outros de menor patente, mas comandam o desfigurado PMDB. É aí que estará o centro de decisão, o orçamento e o destino do país. Nem na economia Dilma, que costumava dar as cartas, manda mais. O ministro da Fazenda Joaquim Levy, que não tem apoio do PT e nem de Lula, obedece a outras ordens.  Que governo é este?

Quanto à reforma, não se pode honestamente assim chamar este remendo em tecido velho e esgarçado. Foi na verdade um ‘arrumadinho’ que vai apenas talvez retardar um pouco o agravamento (ainda mais) da crise política e que não resolve a crise econômica e ética, esta ainda mais comprometida com esta velha e surrada forma de fazer política.

Vamos ao conteúdo da reforma. O número de ministérios mantidos só se justifica pela mera necessidade de se distribuir escancaradamente os cargos. Vamos falar dos ministérios dos Transportes, Aviação Civil e Portos, que não são outra coisa senão transporte ( terrestre, aéreo e marítimo e nessa lógica faltou criar o Ministério Ferroviario). Não, não é engraçado!

Na área do desenvolvimento econômico temos o Ministério do Desenvolvimento e Comercio Exterior, o Ministério do Turismo e outros. Ora, Turismo é ou não uma atividade econômica? Porque não se fundiu e se fortaleceu órgãos como a Embratur, profissionalizando a sua gestão? A resposta Todos sabemos….

Outro exemplo está no Ministério da Cidadania. Porque se criar esse ministério se cidadania é mais educação, saúde, cultura, mais oportunidades com a efetivação de direitos e consciência dos deveres? Bastaria se fortalecer o Ministério da Justiça que englobaria todas estas áreas e reforçar as políticas de gênero, dos direitos humanos e da igualdade racial. Simples.

Concluo dizendo que a presidente está desfigurando a sua biografia de revolucionária que resistiu à ditadura e à tortura, mas que se rende ao que existe de mais reacionário e fisiológico, o que representa a negação da sua história.

Dilma poderia ter sim liderado uma mudança de verdade. E aí peço preciso reiterar o que tenho dito desde o dia 20 de dezembro do ano passado, quando me dirigi a líderes nacionais governistas como Humberto Costa, então líder do Governo no Senado, e a líderes oposicionistas alertando que em razão do prenúncio do envelhecimento do ainda não-nascido segundo governo Dilma, ela deveria chamar a nação e as forças políticas do país e construir um entendimento e um governo de união nacional, oferecendo ao país ameaçado e dividido, a antecipação das eleições para 2016 ( está escrito e Humberto é minha testemunha), mas nada disso aconteceu.

Recentemente, impacientado com o agravamento da crise, levei à opinião pública uma outra proposta: Dilma instituiria uma reforma do Sistema de Governo com o Parlamentarismo e se manteria como Chefe de Estado até 2018, quando terminaria o seu mandato, e entregaria a chefia do governo a um primeiro-ministro que lideraria um governo de coalizão para enfrentar a crise, o que se diferencia deste engendramento que se operou.

Minha convicção é de que sem uma mudança profunda somente assistiremos o adiamento de uma crise ainda mais profunda, pois este modelo exauriu-se.

Elias Gomes é cidadão e militante político, ora exercendo o mandato de prefeito da cidade de Jaboatão dos Guararapes -PE

Leia Mais

Se ela morre, a culpa é nossa. Rômulo França

CriançaA cada 15 segundos, uma criança morre de doenças relacionadas à falta de água potável, de saneamento e de condições de higiene no mundo, segundo o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

É difícil entender como os valores estão invertidos, crianças morrendo por falta de água potável e o desperdício sendo algo comum nas capitais de todo o país. Entretanto, é difícil depois de centenas de anos de desperdício, mudar hábitos que são comuns e absurdamente prejudiciais a natureza.

Para Érico Santos, empresário, é possível continuar com nossos hábitos de forma sustentável. “Na crise hídrica, empresas tem se levantado para fazer a diferença, é o caso da Lavajá, que lava um carro com 300 mililitros de água, enquanto lava-jatos comuns lavam um carro usando 400 litros. É a forma que encontramos para fazer a diferença”, afirma Érico.

Como esperar melhoras num futuro incerto? Crise hídrica acentuada, barragens com menos de 40% do seu volume natural e a população sofrendo com a falta de humanismo de uma sociedade que ainda não prioriza a sustentabilidade.

O governo tem procurado meios para acabar com o desperdício, porém, o meio mais viável seria a educação sustentável, conscientizando a população que água é vida e por causa da nossa falta de planejamento sustentável, milhares de crianças morreram. Não podemos voltar e mudar o passado, mas podemos começar a fazer o certo e salvar outras milhares. Ainda temos uma chance.

Rômulo França

Leia Mais

Coluna Parabólica: Robson Sampaio

Parabólica:

Seleção… – O Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) alterou a data de inscrição na seleção pública simplificada para a contratação de professores substitutos nos Campi Igarassu, Olinda, Palmares e Paulista. Os profissionais deverão cumprir carga-horária de 40 horas semanais e a remuneração varia de R$ 2.814,01 a R$ 5.143,41, a depender do título do docente.

…do IFPE – Na nova versão do edital, a data de inscrição foi modificada para o período de 16 até o dia 24 deste mês, no site da Comissão de Vestibular (Cvest), através do endereço cvest.ifpe.edu.br. Os candidatos deverão pagar taxa de R$ 55,00, através da Guia de Recolhimento da União (GRU) gerada no ato da inscrição, que poderá ser paga em agências do Banco do Brasil até o dia 25 deste mês. Também é possível solicitar isenção da taxa, nos dias 16 e 17, através de requerimento no site da Cvest.

Prevenção  ao…-  

As mulheres acima de 40 anos que desejam realizar exames de prevenção ao câncer de mama devem ficar atentas. A Secretaria de Saúde do Paulista disponibiliza a partir da próxima terça-feira  (08.09) exames gratuitos de mamografia.  A unidade móvel do projeto “ Amigo do Peito” ficará estacionada na Unidade da Saúde da Família Maranguape I-B, na rua 20, número 286, no bairro de Maranguape I. Neste mês de setembro, a  unidade móvel irá visitar pelo menos seis bairros oferecendo o serviço.

câncer de mama – As interessadas que se submeterem ao teste receberão o resultado em até 30 dias, nas unidades de saúde que referenciaram a avaliação médica. A van ficará à disposição da população das 8h às 17h em locais pré-determinados.  Vale ressaltar, que só poderão participar da ação as mulheres que forem cadastradas na Unidade de Saúde do bairro.

Corais – Mais de 20 corais de vários Estados do Nordeste se encontram, no 15º Festival Nacional de Corais, que acontece terça, quarta e quinta desta semana, no Teatro Luiz Mendonça (Parque Dona Lindu), em Boa Viagem; e no Teatro de Santa Isabel, no Centro do Recife. Os solistas líricos italianos Amerigo Caponi e Gigiuseppina Tuccitto são as duas atrações internacionais do evento e se apresentam na segunda noite.

ESA/PE oferece… – A ESA preparou uma grade de cursos presenciais para o Interior do Estado, este mês. O professor Adeildo Nunes ministrará aula sobre Execução Penal nas cidades de Afogados da Ingazeira (11 e 12), e Salgueiro (19). Em Garanhuns, nos dias 11 e 12, a professora Fernanda Resende ministrará o curso Liminares no Novo CPC. As cidades de Salgueiro (12) e Petrolina (17) receberão o curso Cálculo Trabalhista, ministrado pelo professor Bruno Aguiar.

…cursos presenciais… – Ainda em Petrolina, nos dias 17 e 18, é a vez da Caravana da Oratória com os professores Bruno e Breno Aguiar. Já a Caravana do PJe aportará em Santa Cruz do Capibaribe no dia 17, com a presença dos professores Frederico Preuss Duarte, Paloma Mendes Saldanha, Fábio Queiroz, Rafael Alves Pontes De Miranda e Guilherme Veiga Chaves.Nos dias 18 e 19, a professora Núbia Sobral estará em Arcoverde realizando o curso sobre Benefício por Incapacidade.

…no Interior – E nos dias 25 e 26, estará em Barreiros ministrando aula sobre Pensão por Morte. Já a professora Fernanda Resende ministrará o curso Recurso no Novo CPC, em Petrolina, no dia 23, e Liminares e Defesa do Réu, em Limoeiro, nos dias 19 e 26 de setembro.

Curso de Confeitaria… – Até quarta-feira, estão abertas as inscrições para a formação de uma nova turma do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC) para o Curso de Confeitaria. Os interessados devem inscrever-se na Secretaria de Turismo, Desenvolvimento Econômico e Tecnologia de Olinda, das 9h às 13h.

…pelo PRONATEC – O curso, que é realizado em parceria com o SENAI, está previsto para ser iniciado no dia 5 de outubro. As aulas serão ministradas, no horário das 13h às 17h, na Casa do Turista, localizada na Rua Prudente de Moraes, 472, Carmo. No ato da inscrição, o candidato deve levar as cópias do RG, CPF e comprovante e residência, além das fichas 18 ou 19 e cópia do cartão referente à conta da Caixa Econômica Faderal (pessoal) para recebimento da bolsa do PRONATEC

Leia Mais

O Brasil e a crise anunciada – Roberto Santos

Alegria de pobre dura pouco, este foi o ditado que mais ouvi durante minha vida, principalmente quando as coisas estavam indo bem para os mais humildes. Pois bem, nos últimos anos o nosso país cresceu, a renda da população melhorou consideravelmente a o número de pessoas que foram para a classe média também. Pela primeira vez muitos brasileiros realizaram seus sonhos, os mais diversos, parecia que estávamos no caminho certo, posso até dizer e constatar eu realmente o Brasil caminhava em céu de brigadeiro, apesar de ainda uma concentração de renda nas mãos de poucos. Então porque a crise?

Não somos uma ilha. O mundo dava sinais de que haveria uma crise e o nosso país seria atingido de frente, o aviso foi dado, no entanto, os nossos dirigentes e políticos não deram ouvidos ao alerta, sabem porquê? Por que eles priorizaram seus interesses, suas eleições e seus mandatos, com isso, eles mentiram para a população e criaram uma situação que não representava a realidade, o povo por sua vez deu o crédito e reelegeu os que mentiram. A crise chegou as nossas casas, chegou aos estados e a todos os brasileiros, em especial aos mais pobres. O desemprego hoje aumenta a cada dia e as perspectivas de melhora sinalizam para os próximos anos, talvez. Mais nem tudo está perdido, a solução começa com um ato de cidadania, não de passeatas, nem de quebradeiras ou desrespeito as pessoas, a solução está na nossa casa, numa carteira chamada “Título de Eleitor” que já pode ser usado em 2016.

Você tem duas atitudes a fazer para melhorar sua vida, a primeira é querer mudar, a segunda é ser parte desta mudança.  Para mudar, não tem jeitinho brasileiro, é tirar do poder quem mentiu e mente para o eleitor. Seu voto vale está mudança. Use seu poder, use seu voto e faça do Brasil um país mais digno e justo para todos. Não venda seu voto em 2016.

Leia Mais