forca-aerea-brasileira-ja-transportou-170-orgaos-para-transplante-neste-ano

Força Aérea Brasileira já transportou 170 órgãos para transplante neste ano

outubro 23, 2020
Economia, Últimas Notícias

O transporte de órgãos é uma das missões da FAB. Em 2019, foram 167 órgãos transportados.

Publicado em

23/10/2020 17h37

Atualizado em

23/10/2020 17h38

A qualquer hora do dia ou da noite uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB) pode ser acionada para transportar um órgão que vai salvar uma vida. Nesta sexta-feira (23), quando é celebrado o Dia da Força Aérea Brasileira, a corporação também comemora a marca de 170 órgãos transportados este ano.

O transporte de órgãos é uma das missões da FAB que se soma às funções de manter a soberania do espaço aéreo, integrar o território nacional e participar de missões humanitárias, entre outras. 

O acionamento de uma aeronave ocorre de acordo com a demanda repassada pelo Ministério da Saúde, que coordena o Sistema Nacional de Transplantes. A partir de então, é ativada uma cadeia de eventos. É preciso checar as condições de pouso no aeroporto de destino, acionar a tripulação e avisar ao controle de tráfego aéreo que se trata de um transporte de órgãos, o que dá ao avião prioridade para procedimentos de pouso e decolagem.

Um decreto de 2016 determinou que a corporação mantenha uma aeronave permanentemente disponível para o trabalho de levar os órgãos ou tecidos até local onde está o receptor. Em muitos casos, o transporte é fundamental para que o processo de transplante aconteça.

Foi a FAB que transportou o coração que a menina Alicia Alves Silva, de 11 anos, recebeu. Diagnosticada com miocardiopatia dilatada, o coração de Alicia crescia e já não conseguia bombear bem o sangue. Hoje, recuperada e levando a vida normalmente em Araguaía (TO), ela expressa gratidão à FAB. “Nós só temos a agradecer por esse trabalho e dedicação da Força Aérea Brasileira”, disse Alicia.

Balanço

Só neste ano de 2020, de janeiro a setembro, a FAB já transportou 170 órgãos. Em 2019, foram 167 órgãos transportados. Nos últimos quatro anos de trabalho, a FAB já ajudou a salvar 933 vidas.

“As asas que controlam, que defendem e que integram o território nacional, são as mesmas asas que levam esperança aos brasileiros que mais precisam de ajuda”, afirmou o tenente-coronel aviador, Christiano Pereira.

Logística

De acordo com a FAB, há tripulações de sobreaviso nos Esquadrões de Transporte, em tempo integral, em todo o Brasil. Assim que o Sistema Nacional de Transplantes recebe as informações iniciais para a captação de um determinado órgão, a FAB é acionada e aloca os meios mais próximos para cumprir a missão de transporte.

Decreto

O Decreto 8.783/16 prevê que, para atender às requisições do Ministério da Saúde, a FAB manterá permanentemente disponível, no mínimo, uma aeronave, que servirá exclusivamente a esse propósito.

Leia Mais

quinteto-violado-celebra-49-anos-de-carreira-em-live-no-youtube-do-cais-do-sertao

Quinteto Violado celebra 49 anos de carreira em live no YouTube do Cais do Sertão

quinteto-violado-celebra-49-anos-de-carreira-em-live-no-youtube-do-cais-do-sertao

outubro 23, 2020
G1 Pernambuco, Pernambuco Notícias, Últimas Notícias

Grupo faz apresentação especial neste sábado (24), direto do auditório do museu

Postado em:



Música


Há quase meio século, nascia um dos grupos mais prestigiados e premiados da música pernambucana. Para celebrar o legado e a contribuição para a preservação da cultura nordestina, o Quinteto Violado celebra trajetória no mercado fonográfico com live especial nos canais do YouTube do Cais do Sertão e da banda. A apresentação será transmitida online, direto do auditório do museu, neste sábado (24), a partir das 16h.

Produzindo inúmeros discos e canções para o acervo da música pernambucana desde a década de 1970, o Quinteto compartilhará com os fãs na live do fim de semana um repertório com 18 canções clássicas – “Asa Branca”; “Sete Meninas”; “Cavalo Marinho”; “Palavra Acesa”; e “Acauã” -, além de uma homenagem ao saudoso músico Toinho Alves, fundador da banda falecido em 2008. O contrabaixista será lembrado com a apresentação da faixa “Saudade Boa”. Durante o show, serão exibidas  imagens da exposição do museu e mensagens de admiradores dos artistas.

Espaço seminal para o acolhimentos de artistas, acadêmicos e músicos, o Centro Cultural Cais do Sertão permite imersão à memória e à plural formação cultural do Estado a partir de seu acervo e arquitetura. “Para nós, celebrar os quase 50 anos de carreira no Cais é o mesmo que celebrar na nossa casa. O museu permite ser este lugar de acolhimento e inspiração para inúmeros artistas do cenário local”, comenta o músico Dudu Alves.

O grupo é formado por Marcelo Melo (voz e violão), Ciano Alves (flauta), Roberto Medeiros (bateria e voz), Dudu Alves (teclado e voz) e Sandro Lins (baixo). Internacionalmente reconhecidos, colecionam dezenas de prêmios, entre eles o Troféu Noel Rosa de Melhor Conjunto Instrumental do Brasil, pela Associação de Críticos de Arte de São Paulo, e indicação ao Grammy Latino pelo disco dedicado ao Rei do Baião, Luiz Gonzaga, “Quinteto canta Gonzagão”.

Leia Mais

justica-eleitoral-proibe-eventos-politicos-em-alagoinha-e-venturosa,-no-agreste-de-pernambuco

Justiça eleitoral proíbe eventos políticos em Alagoinha e Venturosa, no Agreste de Pernambuco

justica-eleitoral-proibe-eventos-politicos-em-alagoinha-e-venturosa,-no-agreste-de-pernambuco

outubro 23, 2020
G1 Pernambuco, Pernambuco Notícias, Últimas Notícias

A Justiça Eleitoral da 120ª zona decidiu proibir eventos políticos nos municípios de Alagoinha e Venturosa, no Agreste pernambucano. A medida foi tomada por causa do descumprimento das normas sanitárias definidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para o combate ao coronavírus (covid-19) durante essa época de campanhas políticas.

A Justiça determinou a suspensão de propagandas eleitorais com carreatas, passeatas e comícios para todos os partidos de Venturosa e Alagoinha.

O descumprimento da decisão acarretará uma multa de R$ 50 mil.

As coligações que haviam marcado eventos para este final de semana tem ordem expressa para suspendê-los.

Leia Mais

senador-romario-quer-proibir-punicao-a-manifestacao-politica-no-esporte

Senador Romário quer proibir punição à manifestação política no esporte

senador-romario-quer-proibir-punicao-a-manifestacao-politica-no-esporte

outubro 23, 2020
G1 Pernambuco, Pernambuco Notícias, Últimas Notícias

Senador Romário na Comissão de Assuntos Sociais

O senador Romário (PODE-RJ) apresentou nesta quinta-feira (22) ao Senado um projeto de lei para proibir que o sistema desportivo brasileiro puna atletas que se manifestarem politicamente dentro do ambiente esportivo.

A proposta vem depois que o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) do vôlei advertiu a jogadora de vôlei de praia Carol Solberg por dizer “Fora, Bolsonaro” em entrevista após uma partida.

Pela proposta, seria incluído o seguinte artigo na Lei Pelé: “Nenhum atleta poderá ser punido com as penalidades previstas neste artigo ou enquadrado em qualquer infração disciplinar devido a uma manifestação de natureza política, salvo se houver ofensa direta e expressa, durante a disputa de uma competição, a um de seus participantes, patrocinadores ou organizadores”.

Romário lembra que a livre manifestação de pensamento é direito garantido na Constituição Federal. “A autonomia de funcionamento conferida pela Constituição às entidades do esporte são para protegê-las de ingerências sobre os campeonatos ou em seus resultados, mas não autoriza que sejam estabelecidas regras competitivas internas que atentem contra direitos e garantias fundamentais, sob pena de ineficácia absoluta”, argumenta.

No entender dele, nenhum regulamento, como do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia, usado para punir Carol Solberg, pode ser utilizado para impedir o exercício e um direito previsto na Constituição.

“Qualquer mácula ou obstáculo que se oponha de maneira injustificada e absoluta, seja sob a forma de contrato ou por regulamento esportivo vinculante entre as partes, é nula de pleno direito, por ferir de maneira frontal um direito fundamental indisponível e impossível de ser transacionado”, escreve ele na justificação do projeto, protocolado sob o número 5004/2020.

O projeto não cita Carol Solberg, mas, via assessoria de imprensa, Romário diz que a punição a ela foi uma interpretação jurídica equivocada.

“Dentro da dinâmica esportiva, apenas deve encontrar respaldo para punição ofensas diretas a atores envolvidos na disputa, organização e patrocínio da própria competição, ação que poderá ensejar infração de natureza disciplinar cingida à esfera desportiva. Punir um atleta por se manifestar contrariamente a um personagem estranho à competição, e que não atrapalhe o seu andamento, é indubitavelmente um constrangimento ao disposto no art. 5° de nossa Carta Maior”, pontuou na justificação.

Leia Mais

coordenadoria-da-mulher-tem-programacao-especial-para-o-‘outubro-rosa’,-em-arcoverde

Coordenadoria da Mulher tem programação especial para o ‘Outubro Rosa’, em Arcoverde

coordenadoria-da-mulher-tem-programacao-especial-para-o-‘outubro-rosa’,-em-arcoverde

outubro 23, 2020
G1 Pernambuco, Pernambuco Notícias, Últimas Notícias

Campanha Outubro Rosa — Foto: Prefeitura de Viçosa/Divulgação

A Coordenadoria da Mulher de Arcoverde, no Sertão de Pernambuco, promove no sábado (24) uma série de atividades voltadas para o “Outubro Rosa”, mês de conscientização e alerta para o câncer de mama. A iniciativa será realizada a partir das 9h, na Praça Winston Siqueira, no Centro da cidade.

Uma roda de conversa vai abordar as formas de prevenção ao câncer de mama e a saúde mental no tempo de pandemia, seguindo todas as medidas de combate à Covid-19.

A programação contará ainda com apresentação musical, depoimentos de superação com convidadas especiais da Coordenadoria da Mulher, palestra motivadora, além de sorteios de exames, kits de higiene e de beleza.

Leia Mais

boletim-covid-19-–-comunicacao-ses-pe

BOLETIM COVID-19 – COMUNICAÇÃO SES-PE

Nos últimos meses, o Governo de Pernambuco tem investido na ampliação da capacidade de testagem para a Covid-19, com a expansão do público prioritário para realização dos exames, modernização do parque tecnológico do Laboratório de Saúde Pública (Lacen-PE) e parcerias com entidades na área e laboratórios privados. Para ter uma ideia do resultado conquistado com os esforços, menos de uma semana após atingir a marca dos 550 mil testes, Pernambuco já processou mais 22 mil testes para detecção do novo coronavírus na população. Nos últimos seis dias, foram analisados 22.419 amostras de exames, entre testes rápidos, sorologias e exames de biologia molecular (RT-PCR), fazendo com que o Estado totalize, nesta sexta-feira (23.10), 573.072 testes realizados. Somente nas últimas 24h, mais de 4,8 mil amostras foram processadas.

As estratégias de ampliação têm mantido, inclusive, Pernambuco nas primeiras colocações no ranking dos estados que mais realiza exames do tipo RT-PCR no país, segundo levantamento do Ministério da Saúde (MS). Atualmente, o Estado ocupa a 5ª posição na lista, com mais de 263.503 testes RT-PCR processados. E, dentre estes moleculares, 76,7% foram feitos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Os números estão disponíveis na Plataforma Integrada de Vigilância em Saúde (Ivis), do órgão federal.

“O Governo de Pernambuco investiu, desde o começo da pandemia, na realização do teste RT-PCR, considerado padrão-ouro para detecção da Covid-19 e que identifica a presença do vírus em sua fase mais aguda, quando a possibilidade da pessoa transmitir e infectar outras pessoas é maior. Ao longo desses sete meses de enfrentamento ao novo coronavírus, trabalhamos permanentemente para ampliar nossa capacidade de testagem. Nas primeiras fases da pandemia, diante da escassez de testes em todo o mundo, priorizamos os casos mais graves e os óbitos suspeitos. Depois ampliamos a testagem para os profissionais de saúde sintomáticos e seus contatos, seguido da oferta a outros grupos prioritários e profissões essenciais. Atualmente, todos os pernambucanos que possuem sintomas da doença, mesmo que leves, ou aqueles que tiveram contato com casos confirmados, mesmo estando assintomáticos, podem realizar o teste para detecção da doença”, pontua o secretário estadual de Saúde, André Longo.

Também nesta sexta-feira, o Estado superou o patamar dos 140 mil recuperados do novo coronavírus. Já são 140.591 pessoas consideradas curadas da doença, sendo 17.152 que tiveram a forma grave da Covid-19 e necessitaram de internamento hospitalar e 123.439 casos que foram leves. O número representa 88,7% do total de infectados pela doença em Pernambuco.

No boletim epidemiológico de hoje, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou 719 novos casos da Covid-19, sendo 36 (5%) casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 683 (95%) ocorrências leves. Agora, Pernambuco totaliza 158.496 casos confirmados da doença, sendo 26.853 graves e 131.643 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Também foram confirmados laboratorialmente 4 novos óbitos (2 masculinos e 2 femininos), ocorridos nos dias 21/10 (dois) e 22/10 (dois). As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Jaboatão dos Guararapes (1), São José do Belmonte (1), São Lourenço da Mata (1) e Serra Talhada (1). Com isso, o Estado totaliza 8.531 mortes pela doença.

Os pacientes tinham idades entre 42 e 74 anos. As faixas etárias são: 40 a 49 (1), 60 a 69 (1), 70 a 79 (2). Do total, 3 pacientes apresentavam doenças pré-existentes: doença cardiovascular (1), hipertensão (2), diabetes (1), imunodepressão (1), obesidade (1) e doença renal (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Um caso está em investigação.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 22.181 casos foram confirmados e 37.772 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais. 

Leia Mais

paulo-camara-entrega-primeira-regularizacao-de-terras-quilombolas-pelo-estado

Paulo Câmara entrega primeira regularização de terras quilombolas pelo Estado

quilombo

Título coletivo, emitido em nome da Comunidade Castainho, beneficia 400 famílias e permite acesso a linhas de crédito e políticas públicas

GARANHUNS – Encerrando a passagem pelo município de Garanhuns, no Agreste Setentrional, nesta sexta-feira (23.03), o governador Paulo Câmara entregou o primeiro título de domínio coletivo a uma comunidade quilombola pelo Estado. O documento promove a regularização fundiária de 64,8 hectares da comunidade do Quilombo Castainho, e beneficia 400 famílias que vivem na localidade. A ação integra o Programa Propriedade Legal, lançado em julho de 2019, que prevê a regularização de 65 mil propriedades rurais e urbanas em todo o Estado.

“Temos certeza de estar garantindo o direito à terra, ao crédito, o direito de as pessoas poderem trabalhar, criar seus filhos e serem felizes aqui. Aproveitamos também essa visita para informar que os preparativos já foram iniciados para que a gente possa começar ainda este ano a obra do abastecimento de água aqui da comunidade de Castainho. Então, é muito importante que, com essas ações, a gente ofereça cada vez mais condição de o povo quilombola trabalhar, se desenvolver, gerar renda, emprego e sustentar sua família e suas tradições”, comemorou Paulo Câmara.

Com a emissão do título, que regulariza juridicamente o imóvel, a comunidade passa a ter acesso a diversas políticas públicas rurais, linhas de crédito coletivas para desenvolvimento da atividade agrícola e políticas específicas para os povos tradicionais (quilombolas e indígenas). Hoje, Castainho desenvolve culturas agrícolas regionais, em especial a mandioca e os subprodutos de seu beneficiamento, como a farinha. Também são produzidas hortaliças e outros produtos agrícolas.

De acordo com o secretário estadual de Agricultura, Dílson Peixoto, a regularização dessas propriedades faz parte do esforço do Governo de Pernambuco para fomentar o cultivo familiar no Estado. “A agricultura familiar é a base da nossa agricultura, responde por mais de 70% do que chega à mesa dos pernambucanos e está presente, inclusive, nas nossas cadeias do agronegócio, como fruticultura e avicultura”, destacou.

José Carlos Lopes, 63 anos, um dos líderes locais, agradeceu a ação e afirmou que o título emitido em nome do Quilombo Castainho abre novas perspectivas. “Pra gente é mais uma oportunidade de crescimento, valorização e homenagem para a comunidade. A forma que estamos conseguindo o título hoje, com incentivo do Estado, é dizer para nós mesmos que devemos sempre acreditar”, afirmou.

NOVO ANÚNCIO – Além da concessão do título, também foi anunciado o projeto de ampliação da rede de distribuição de água para a atender à comunidade de Castainho. A intervenção contempla 600 imóveis e vai beneficiar 2,4 mil pessoas. O investimento é da ordem de R$ 1,2 milhão, sendo R$ 700 mil recursos da Compesa e R$ 500 mil fruto de emenda parlamentar.

Leia Mais

coco-de-seu-mane-e-o-forro-de-rabeca-os-tabajaras-levam-cultura-pernambucana-a-franca

Coco de Seu Mané e o Forró de Rabeca Os Tabajaras levam cultura pernambucana à França

De maneira virtual, as apresentações serão transmitidas neste sábado (24), a partir das 16h, do Centro de Capoeira Lua de São Jorge, em Olinda. A iniciativa conta com incentivo do Funcultura

Adriano Lima/Divulgação

Adriano Lima/Divulgação

Coco de Seu Mané será uma das atrações do evento virtual, que contará com transmissão ao vivo pelos canais da produtora Terno da Mata e do artista Mestre Ulisses, no Youtube

Começa neste sábado (24), a I Mostra de Coco e Forró de Rabeca – Pernambuco na França, um projeto que visa levar a cultura pernambucana para o país europeu através de apresentações artísticas bilíngues em formato virtual, ao vivo, das 16h às 17h30 (horário local). As apresentações, que contam com incentivo do Governo do Estado, por meio dos recursos do Funcultura, serão comandadas por duas vertentes de um grupo olindense de raiz, o “Coco de Seu Mané” e o “Forró de Rabeca Os Tabajaras”, além de artistas convidados, ligados à resistência cultural. Na programação, que acontece semanalmente, sempre aos sábados, até o dia 5 de dezembro, haverá ainda workshops. A transmissão acontece nos canais da produtora Terno da Mata e do artista Mestre Ulisses, no Youtube.

As apresentações serão realizadas no Centro de Capoeira Lua de São Jorge, em Olinda. Para as lives, foi montada toda uma estrutura com cenografia, quatro câmeras, mesa de cortes e equipamento de transmissão. Na programação, serão apresentados ainda depoimentos de artistas de Pernambuco e da França. Entre as atrações do projeto, estão “Coco de Seu Mané”, “Forró de Rabeca os Tabajaras”, “Coco do Mestre Juarez”, “Coco da Mata”, “Ciranda Terno da Mata” e “Mestre Arruda”.

Antes das dificuldades impostas pela pandemia do novo coronavírus, a proposta inicial era realizar apresentações dos grupos pernambucanos em locais de destaque da cena cultural francesa. Infelizmente, os planos precisaram ser adaptados de forma que o projeto fosse cumprido, porém respeitando as normas de segurança. Mas há benefícios também. O produtor cultural Sérgio Melo, da Terno da Mata, reforça que o formato virtual do evento fez com que a rede de apoio de artistas pernambucanos na Europa aumentasse, ganhando força e ainda mais repercussão. Assim, além de ser exibido em instituições francesas, países como Inglaterra, Itália e Portugal também entrarão no circuito.

Entre os parceiros internacionais da mostra, estão os franceses da Jazzbox Radio International e a Capoeira Viola, instituição fundada em 1993, sendo considerada a primeira associação de capoeira em Paris. “A ideia é essa, levar a cultura de Pernambuco, com seu coco de roda e forró de rabeca, para o mundo. Estamos falando de Europa, mas até nos Estados Unidos está havendo um movimento nesse sentido. Isso abre caminhos, valoriza nossas tradições e artistas. Toda a programação da Mostra foi pensada para conectar a ancestralidade e tradições culturais pernambucanas à musicalidade da rabeca, instrumento que ainda ecoa no imaginário musical europeu desde a era medieval”, explica Sérgio Melo, organizador do evento.

Serviço

I Mostra de Coco e Forró de Rabeca – Pernambuco na França

Abertura: Sábado, 24 de outubro

Demais dias: 14 e 28 de novembro e 5 de dezembro

Horário: Das 16h às 17h30 (horário local)

Transmissão: Canais  Terno da MataMestre Ulisses

Programação

Sábado, 24 de outubro

Coco de Seu Mané

Forró de Rabeca os Tabajaras

Coco do Mestre Juarez

Sábado, 14 de novembro

Coco de Seu Mané

Coco da Mata

Ciranda Terno da Mata

Sábado, 28 de novembro

Coco de Seu Mané

Forró de Rabeca os Tabajaras

Mestre Arruda

Sábado, 5 de dezembro

Workshop com instrumentos do Coco de Seu Mané e Forró de Rabeca Os Tabajaras

Leia Mais

funcionarios-da-secretaria-de-justica-e-direitos-humanos-flagrados-fazendo-campanha-para-joao-campos-em-horario-de-expediente

Funcionários da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos flagrados fazendo campanha para João Campos em horário de expediente

funcionarios-da-secretaria-de-justica-e-direitos-humanos-flagrados-fazendo-campanha-para-joao-campos-em-horario-de-expediente

outubro 23, 2020
G1 Pernambuco, Pernambuco Notícias, Últimas Notícias

Publicado 23 de outubro de 2020 | Por Pedro Araújo

Por Ricardo Antunes

Tem muita gente no Governo do Estado e na Prefeitura do Recife revoltada por ser obrigada a fazer campanha para João Campos. Mesma coisa está ocorrendo em Jaboatão dos Guararapes.

O prefeito Anderson Ferreira obriga até os comissionados a postarem propaganda no Facebook.

Hoje, por exemplo, alguns funcionários da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, do Secretário Pedro Eurico, foram flagrados saindo do prédio sede com material de campanha em mãos. Isso ainda à luz do dia, em horário de expediente.

É o uso eleitoral e criminoso da máquina pública.

Leia Mais

em-parceria-com-sindicatos,-povo-fulni-o-em-aguas-belas,-cria-vaquinha-em-combate-a-pandemia

Em parceria com sindicatos, povo Fulni-ô em Águas Belas, cria vaquinha em combate à pandemia

em-parceria-com-sindicatos,-povo-fulni-o-em-aguas-belas,-cria-vaquinha-em-combate-a-pandemia

outubro 23, 2020
G1 Pernambuco, Pernambuco Notícias, Últimas Notícias

Quatro sindicatos se juntaram em apoio ao Núcleo Fulni-ô de Enfrentamento ao Covid-19. Atualmente, o povo indígena está habitando, em isolamento, um território no município de Águas Belas, no Agreste do estado. Em encontro com os Fulni-ô, os representantes dos sindicatos dos servidores estaduais da Assembleia Legislativa (Sindilegis), Tribunal de Contas (Sindicontas), Justiça (Sindjud) e Ministério Público (Sindsemppe) realizaram a doação de cerca de 1 tonelada de alimentos.

Ainda de acordo com os representantes, uma parceria entre os sindicatos e a Associação Indígena Taidjôah resultará em uma vaquinha com o intuito de arrecadar mais recursos para o núcleo de apoio. As pessoas que estiverem interessadas em doar para a campanha, podem contribuir clicando aqui.  

De acordo com os sindicatos, os indígenas da tribo Fulni-ô foram os mais afetados pela pandemia no estado de Pernambuco e que também foram impedidos de vender o artesanato em decorrência do isolamento social.

Leia Mais

30-vezes-que-as-pessoas-construiram-cinemas-incriveis-em-suas-casas

30 Vezes que as pessoas construíram cinemas incríveis em suas casas

30-vezes-que-as-pessoas-construiram-cinemas-incriveis-em-suas-casas

outubro 23, 2020
Atualidades

Uma noite de cinema pode ser mais interessante do que ir a uma festa ou algo do tipo. Cinema é uma arte para todos os gostos e todas as ocasiões. Já imaginou fazer um cinema na sua própria casa? Algumas pessoas fizeram isso da forma mais interessante possível, e montaram cinemas com muito estilo e personalidade, desbancando muitas salas de cinemas de shoppings, por exemplo. Se você pensa em um dia fazer o mesmo, confira abaixo algumas fotos que podem servir de inspiração.

1.

2.

3.

4.

5.

6.

7.

8.

9.

10.

11.

12.

13.

14.

15.

16.

17.

18.

19.

20.

21.

22.

23.

24.

25.

26.

27.

28.

29.

30.

Fonte: Bored Panda

Leia Mais

as-acusacoes-contra-pedro-rodrigues,-filho-do-senador-do-dinheiro-na-cueca

As acusações contra Pedro Rodrigues, filho do senador do dinheiro na cueca

as-acusacoes-contra-pedro-rodrigues,-filho-do-senador-do-dinheiro-na-cueca

outubro 23, 2020
G1 Pernambuco, Pernambuco Notícias, Últimas Notícias

VEJA

Na terça-feira, o senador Chico Rodrigues (DEM-RR) encaminhou aos congressistas um vídeo de pouco mais de dois minutos. Nele, pede aos colegas que não o condenem de imediato, diz que foi humilhado e ridicularizado. Com a voz embargada, explicou que foi movido pelo impulso ao enfiar maços de notas na cueca no instante em que a Polícia Federal chegou à sua casa uma semana antes para cumprir um mandado de busca. O dinheiro, segundo ele, era lícito e seria usado para pagar funcionários. O parlamentar garantiu que jamais desviou recursos públicos e se mostrou indignado por ter sido acusado de chefiar uma organização criminosa. Logo depois, anunciou que estava se afastando do cargo pelos próximos quatro meses para cuidar de sua defesa e evitar maiores constrangimentos ao Congresso. O constrangimento, porém, tende a crescer ainda mais.

“O Pedro Rodrigues operava o esquema para o pai. Era ele quem pedia e pegava a propina, que variava de 10% a 20% do valor dos contratos”.

Durante a licença do senador, quem deverá assumir o cargo é seu filho Pedro Rodrigues, o primeiro suplente. Oficialmente, o rapaz é sócio do pai numa empresa de terraplenagem em Boa Vista. Segundo as investigações da Polícia Federal, pai e filho também são parceiros em esquemas ilegais que seguem uma cartilha bastante conhecida: o político indica alguém de sua confiança para comandar um órgão público com orçamento gordo. O apadrinhado se aproxima de empresas prestadoras de serviços, manipula licitações, superfatura preços e, depois, todos os envolvidos dividem os lucros. Chico Rodrigues tinha seu pequeno feudo no Ministério da Saúde. Em 2019, durante a gestão do ex-ministro Luiz Henrique Mandetta, seu companheiro de partido, ele nomeou um afilhado para chefiar o Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Leste de Roraima, repartição que presta atendimento a populações indígenas. Depois foi só seguir o manual. As empresas que prestavam serviços ao DSEI eram pressionadas a pagar propina — e Pedro Rodrigues seria o encarregado de receber o dinheiro.

Em entrevista a VEJA, a servidora Maria Madalena Ferreira Gomes, ex-chefe de logística do DSEI, detalhou como funcionava o esquema. De acordo com ela, os fornecedores do órgão tinham de pagar aos emissários do senador Chico Rodrigues até 20% do valor dos contratos. Para fechar os acordos, segundo a ex-diretora, havia até uma sala reservada, onde ocorriam os encontros. “O Pedro Rodrigues operava o esquema para o pai. Era ele quem pedia e pegava a propina, que variava de 10% a 20%”, diz Maria Madalena. “Não era o Chico que estava lá em pessoa. Quem ia lá era o filho dele, indicando quais pessoas iam ficar nos cargos, o que iam fazer e como iam fazer”, acrescenta ela. A servidora conta que se recusou a participar da trama, foi exonerada do cargo e decidiu denunciar a operação à Polícia Federal. Em maio passado, o caso, que ainda está sob investigação, foi remetido ao gabinete da ministra Cármen Lúcia, diante dos indícios do envolvimento do senador.

O esquema de Chico Rodrigues tinha outros tentáculos. Um servidor da Secretaria de Saúde acusou o senador também de articular um esquema para desviar dinheiro das verbas destinadas ao combate da Covid-19. O delator contou à polícia que o parlamentar direcionou para um grupo de empresas a compra de kits de testes rápidos para a detecção da Covid-19 — tudo sem licitação e a preços devidamente superfaturados. Foi essa investigação que resultou no mandado de busca e apreensão na casa do parlamentar, ocasião em que ele foi flagrado com 33 000 reais escondidos na cueca — o bizarro episódio que provocou o afastamento do Congresso e a acusação de corrupção e organização criminosa contra ele. Além de Rodrigues, o delator citou um outro senador como integrante dos desvios na Secretaria de Saúde de Roraima. Segundo ele, Telmário Mota (PROS-RR) teria participado de uma fraude a fim de direcionar uma licitação para a compra de equipamentos de ar-condicionado para uma maternidade do interior do estado. O parlamentar nega. “A Polícia Federal poderia ter me chamado para ser ouvido, mas não me chamou. Erraram até meu nome no inquérito”, diz Mota. A corrupção é uma doença que o Brasil ainda não conseguiu extirpar.

Publicado em VEJA de 28 de outubro de 2020, edição nº 2710

Leia Mais