ARTIGO – Rômulo Félix: “Hoje quem é vergonhosamente “sinônimo de intervenção ” é o próprio Anderson Ferreira”

“Neco é sinônimo de intervenção “, quando Anderson Ferreira proferiu essa frase durante a eleição de 2016, acredito que ele estava à frente de um espelho:  refletindo a imagem do próprio Anderson e enxergando seu adversário …..como ele é hábil em iludir as pessoas, iludiu a si mesmo.

Hoje quem é vergonhosamente “sinônimo de intervenção ” é o próprio Anderson Ferreira.  Talvez chegue a tal ponto, com os rigores da lei, investigações já estão em curso, TCE, MPPE, CPI   batendo a porta etc.

“Nos Município, a intervenção far-se-á por decreto do governador do Estado. O decreto interventivo especificará a amplitude, o prazo e as condições de sua execução, e deverá ser submetido à Assembleia Legislativa no prazo de 24 horas.

  1. ii) não forem prestadas contas devidas, na forma da lei; (iii) não tiver sido aplicado o mínimo exigido da receita municipal na manutenção e desenvolvimento do ensino e nas ações e serviços públicos de saúde; (iv) o Tribunal de Justiça der provimento a representação para assegurar a observância de princípios indicados na Constituição ” ( informações do Dr  Paulo  Byron )”.

Talvez   sim, muito provavelmente não. Contudo, já existe “uma intervenção ” por grande parte da população, que se sentem   vítimas do estelionato eleitoral que nossa cidade vive.

Um índice de rejeição altíssimo, a inoperância da equipe, a ausência do gestor no município, as propagandas midiáticas e fantasiosas. Um conjunto de ações ou a falta delas, que brinca com a dignidade e o brio da população de Jaboatão dos Guararapes.  Está muito claro a real intenção do atual prefeito para com o município.  Ele leva ao extremo a “Lei de Gerson “, está desacatando as funções do poder executivo em detrimento de interesses pessoais.

Poder e ambição política precedem o nome de Anderson Ferreira: “animus abutendi “. Em dois anos e sete meses de mandato do prefeito, Jaboatão está uma lástima, postos de saúde sem médicos e sem medicamentos, escolas sem professores, ruas esburacadas e as comunidades mais carentes abandonadas. Todavia, o projeto pessoal e familiar está indo bem!!

A visibilidade que Jaboatão proporciona é grande, mesmo que para isso ele faça uma cortina de fumaça para esconder o descalabro que é a sua administração. E com pose e ostentação grita para quem é de fora que Jaboatão está indo bem. Eu sou de Jaboatão, e estou vendo tudo que está acontecendo, eu e muitos Jaboatonenses. Ética é uma verdade absoluta. Moral, já é uma variável, dependendo da opção de cada um.

Rômulo Félix é morador de Jaboatão

Saúde : 50 Receitas Para Emagrecer De Vez