Artigo: Cpl. W.Sandocan – Assumindo suas responsabilidades

Nos últimos anos eu tenho visto duas gerações se desenvolver com uma certa fragilidade.

São pessoas que não tem limites e não assumem seus erros responsabilidades; sempre estão culpando D’us ou o diabo por algo que deu errado, até seus vícios esses tais arrumam um culpado, ou seja todos são os culpados pelos meus e investimentos errados?

Se alguém se torna um Bandido ou Marginal a culpa é da “sociedade”, se outros se tornam viciados em alguma droga lícita ou ilícita a culpa é de D’us que “permitiu”, e se alguém não consegue largar o vício ou Tomar nalguma decisão sensata a culpa é do diabo por estar tentando e levando o tal a ruína.

            Se alguém quer mudar trajetória de sua vida primeiro é preciso assumir seus erros.

Se tal pessoa fez alguém tornou alguma decisão que deu errado se perdoe, veja onde errou, e recomece novamente, não culpe as pessoas ou o governo pelos seus fracassos.

                 Se alguém se tornou um bando ou Marginal a culpa nunca foi da sociedade, não foi a sociedade que decidiu que tal se tornasse um fora da lei.

E principalmente se alguém está enterrado nos vícios de drogas ou jogos, reconheça que precisa de ajuda, pare de culpar D’us ou o diabo por ter errado o caminho, Entranda tal pessoa que não é feio nem vergonhoso pedir ajuda aos amigos se ainda tiver algum amigo, visto que nessas horas os amigos se afastam afinal ninguém em sã consciência vai querer se associar a um drogado ou viciado qualquer; hoje em dia há vários caminhos para ajudar as pessoas que se perderam ao longo de sua trajetória.

Eu gostaria de lhe dar uma alternativa o arrependimento e a confissão e conversão a D’us através da sua palavra Através de Jesus, veja o que está escrito em Romanos: Romanos 10: 9. Se, com tua boca, confessares que Jesus é Senhor, e creres em teu coração que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo!  10. Porque com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação.  11. Conforme diz a Escritura: “Todo o que nele crê jamais será decepcionado”.

Pois bem, quando tudo faltar D’us nunca faltará, ele sempre estará de braços abertos para receber aquele que se arrepende e reconhece que precisa ser ajudado, não importa o estado de tal pessoa, NÃO EXISTE PECADO GRANDE O SUFICIENTE QUE D’US NÃO POSSA PERDOAR.

Que O Senhor nosso D’us continue nos abençoando.

Cpl. W.Sandocan

Renda Extra: Curso Avançado de Cupcakes