Aimée Carvalho aprova nota de repúdio na Câmara do Recife contra performance do MAM, onde criança tocou coreógrafo nu

Aime

Aime“Um escárnio inaceitável”, declarou a vereadora Aimée Carvalho (PSB) sobre a apresentação do Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM), que, durante o 35º Panorama da Arte Brasileira, apresentou um coreógrafo nu que foi tocado por crianças. O vídeo da performance vem causando revolta na internet. “É um trabalho repugnante, que causa asco em qualquer pessoa que possua um mínimo de bom senso. Uma imoralidade sem tamanho que causou nojo em toda a população”, declarou Aimée Carvalho na tribuna da Casa José Mariano.

A vereadora também apresentou extrapauta uma nota de repúdio dirigida aos organizadores da exposição “Mostra Panorama da Arte Brasileira”, bem como ao Banco Itaú e ao Museu de Arte Moderna de São Paulo. A matéria foi aprovada por maioria. Apenas os vereadores Ivan Moraes e Marília Arraes foram contra a proposta.

“É revoltante que tenhamos uma afronta como esta, um material que incentiva a pedofilia, sendo exposto e trabalhado forçando naturalidade. Para mim, a pedofilia jamais será algo natural”, afirmou. A parlamentar chamou a atenção para o fato do MAM ser financiado com o dinheiro da Lei Rouanet. O principal incentivador do museu no ano de 2017 é o Banco Itaú. Além de financiador, uma de suas herdeiras do banco, Maria de Lourdes Egydio Villela é presidente do MAM. De acordo com os dados do Sistema de Apoio às Leis de Incentivo à Cultura, o MAM captou em 2017 quase seis milhões e meio de reais. Deste montante mais de 60%, foram destinados pelo Banco Itaú, através de diversas empresas ligadas a instituição.

Aimée também destacou que o Estatuto da Criança e do Adolescente é claro ao proibir qualquer tipo de exposição de crianças a contextos de conotação pornográfica. É proibido “produzir, reproduzir, dirigir, fotografar, filmar ou registrar, por qualquer meio, cena de sexo explícito ou pornográfica, envolvendo criança ou adolescente”.

 

Deixe um comentário:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Current ye@r *