“A paralisação da obra da maternidade é de total responsabilidade da atual gestão” Elias Gomes

indecisãoO ex- Prefeito Elias Gomes nas redes sociais responsabiliza a gestão de Anderson Ferreira pela paralisação do obra da Maternidade Rita Barradas, segundo Elias Gomes, “a paralisação da obra da maternidade é de total responsabilidade da atual gestão, que ficou procurando pretexto como quem procura  chifre em cabeça de cavalo para não levar a obra adiante.” E complementa: outros exemplo podem ser citados,  “do que fez em relação a muitas outras como o Centro de Educação Infantil – CEMEI do Rio das Velhas/Guararapes que estava com 90% da obra concluída e que por pura irresponsabilidade, retiraram a vigilância/segurança e abandonaram a obra que hoje somente tem o esqueleto, pois pela simples ausência dos vigilantes, pessoas não se sabe quem nem de onde, levaram portas, esquadrias, janelas, telhado e com eles a esperança das crianças que teriam ali mais uma escola em tempo integral.” Disparou o ex-Prefeito Elias Gomes que entra na disputa dois anos antes da eleição defendendo seu legado.

Por fim, o ex-prefeito alfineta, o Prefeito de Plantão, “Digo finalmente com isto que a Obra da Maternidade está abandonada e pode  causar prejuízos irreparáveis, por conta da ordem da prefeitura, dada à empresa construtora de que retirasse os homens e equipamentos do canteiro da obra e nem sequer teve o cuidado de manter a vigilância, algo indispensável para preservar o patrimônio e a esperança do povo”. Elias Gomes.

O que se sabe é que 8 anos de Elias Gomes, mais 2 anos de Anderson Ferreira e nem um dos dois concluíram a Maternidade, isto é o fato, o resto são justificativas.

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Current ye@r *