A natureza avisa: Recicla-te ou te devoro!

GEDSC DIGITAL CAMERA

Para resolver o problema do lixo que se acumula nas encostas, nos mares, beiras dos rios e nos grandes lixões , diversas soluções têm sido apresentadas.Algumas são soluções em larga escala para reduzir, reaproveitar e reciclar esses materiais tornando-os reutilizáveis em seus objetivos fundamentais. Outras soluções são mais meticulosas. Requerem estudo, concentração e também muito talento.

O fato é que a reciclagem se tornou um processo fundamental nos dias de hoje. O nosso planeta está ficando pequeno demais para tanto lixo. Até lixo espacial estamos produzindo. Se até agora não conseguimos frear esse ímpeto produtivo de nossa sociedade, talvez seja o momento de pensar em soluções mais realistas. A reciclagem pode ser essa solução…

Se não conseguimos reduzir a produção de sacos plásticos, por que não reciclar todos eles? Atualmente  o Brasil recicla mais de 90% das latas de alumínio consumidas, sendo referência mundial no setor. É necessário impor esse ritmo de reciclagem a outros materiais também.

O vidro, o papel, o plástico, o metal e diversos outros materiais devem ser reaproveitados. As usinas de reciclagem devem se disseminar em todas as regiões, os galpões de armazenamento em cada município, empregos podem ser gerados e impactos podem ser amenizados pela degradação que o lixo acumulado pode causar.

Essas são as ações que os governos devem implementar pois é necessário trazer resultados para o Plano Nacional de Resíduos Sólidos em 2013..

A coleta seletiva deve ser uma constate. Principalmente nas pequenas cidades e nos locais mais distantes. Da coleta para os galpões, depois para as usinas. E assim construiremos um mundo mais limpo. Gerando Renda, Trabalho e Saúde.

Será necessário também ser embutido nos produtos o preço ambiental das embalagens, pois só assim não será viável economicamente a poluição.

E que a pobreza e a falta de educação não sejam desculpa para a sujeira.  Pois que a própria sujeira possa gerar renda educação. Qualquer explicação diferente dessas será interpretada como falta de vontade política. Pois a natureza não perdoa e avisa: Recicla-te ou te devoro!

Djalma Junior é Mestre em Processos Ambientais e Professor das Faculdades Estácio e Metropolitana

Renda Extra: Curso Avançado de Cupcakes

Deixe um comentário: