Nenhum governo seja qual for, concluirá uma obra de 16 milhões até o final do ano, cuidado com a propaganda.

Fica a pensar, porque um governo em pleno processo eleitoral anuncia obras que não pode fazer? Não estamos aqui duvidando das obras, o que estamos é alertando que propaganda se faz com facilidade, falar é fácil difícil é cumprir, vejamos o que o atual governo prometeu em 2008 e não fizeram, vejamos:

EDUCAÇÃO

Em Jaboatão dos Guararapes a proposta político-pedagógica estará articulada com a sociedade civil organizada, ONGs, Igrejas, empresas, comunidades, e direcionada para a obtenção de um padrão de eficiência e eficácia do sistema educacional municipal que seja capaz de garantir a qualidade do ensino, a permanência e o sucesso do aluno na vida escolar e profissional.

UNIVERSALIZAÇÃO DO ACESSO E PERMANÊNCIA DO ALUNO NAS ESCOLAS

  • Realizar um censo educacional, identificando a demanda de cada Região
  •  Administrativa;
  • Garantir o acesso de todas as crianças e adolescentes de 04 a 14 anos à Educação Infantil e ao Ensino Fundamental;
  • Eliminar a evasão e a repetência escolar;
  • Reduzir continuamente o analfabetismo em todas as faixas etárias, crianças, jovens e adultos;
  • Corrigir o fluxo escolar idade/série;

QUALIDADE NA EDUCAÇÃO

  • Garantir a formação continuada em serviço para professores e trabalhadores da educação;
  • Estruturar o Centro de Estudos, Pesquisa e Formação do Professor;
  • Reformular e modernizar o currículo escolar, para melhorar os índices de aprendizagem do aluno;

ESCOLAS COM INFRAESTRUTURA ADEQUADA

  • Realizar levantamento da estrutura física da rede escolar municipal;
  • Programar e promover a melhoria das escolas, imprimindo um padrão de qualidade das estruturas físicas;
  • Estruturar espaços para a prática esportiva dos alunos da rede municipal;

PROJETOS E AÇÕES COMPLEMENTARES

  • Implantar gradativamente o Ensino Fundamental em tempo integral nas escolas municipais, atendendo as necessidades de cada Região Administrativa;
  • Avaliar e ajustar os programas existentes e implantar novos programas complementares;
  • Estabelecer convênios para qualificação das Creches;
  • Implantar Bibliotecas nos bairros;

GESTÃO COMPARTILHADA

  • Garantir a gestão democrática e participativa das escolas municipais, fortalecendo o Conselho Municipal de Educação;
  • Investir na informatização das escolas municipais;
  • Revisar o plano de cargos e salários e avaliação do desempenho para professores municipais;
  • Desenvolver parcerias com governo federal para criação de Escolas Técnicas Federais no município;
  • Articular com as universidades públicas para viabilizar a extensão do ensino superior no município;

SAÚDE

A complexidade dos problemas do setor saúde exige reflexões para a busca de alternativas coerentes com as necessidades da população, o funcionamento do sistema e sua capacidade de investimento. Neste sentido, para enfrentamento das precárias condições existentes, serão exigidas intervenções integradas, articuladas prioritariamente com educação, assistência social, trabalho e renda e saneamento.

ATENÇÃO BÁSICA

  • Ampliar a cobertura do Programa de Saúde da Família, de acordo com o perfil epidemiológico e risco social;
  • Garantir a distribuição gratuita de medicamentos através do PSF para os pacientes portadores de patologias crônicas, tais como: diabetes, hipertensão, epilepsia, doenças mentais e comportamentais, etc.
  • Implantar farmácias conveniadas com o LAFEPE, em cada Região Administrativa, facilitando o acesso da população ao medicamento com menor preço.
  • Ampliar o número de equipes de saúde bucal;
  • Reestruturar as unidades de saúde existentes;

MÉDIA COMPLEXIDADE

  • Estruturar Centros de Atendimento Psicossocial – CAPS, como referência da saúde mental, para crianças, jovem e adulto, nos Distritos;
  • Ampliar o número de leitos hospitalares nas clínicas básicas – Pediatria, Clínica Médica, Ginecologia e Clínica Cirúrgica;
  • Ampliar da oferta de consultas especializadas – Cardiologia, Endocrinologia, Oftalmologia, Dermatologia, Ortopedia, Psiquiatria, Neurologia, Otorrinolaringologia, Reumatologia, Fisioterapia, Nutrição, Fonoaudiologia, Odontologia e Psicologia;
  • Ampliar a oferta de exames laboratoriais e de imagem;
  • Ampliar as ações de Saúde do Trabalhador;
  • Reestruturar o Centro de Saúde do Adolescente;
  • Reestruturar e ampliar os Centros de Referência de Saúde da Mulher;
  • Reestruturar os três Centros de Reabilitação existentes (adequação da estrutura física, equipamentos e ampliação nº de profissionais);
  • Reestruturar o Ambulatório de Saúde Mental;
  • Construir duas maternidades no Município;
  • Construir Policlínicas Municipais com serviço de Pronto Atendimento em cada Região Administrativa;
  • Desenvolver parcerias com o Governo do Estado para municipalização do Hospital Geral;

VIGILÂNCIA EM SAÚDE

  • Ampliação das ações de vigilância em saúde – sanitária, epidemiológica e ambiental;
  • Redução da mortalidade infantil;
  • Redução da mortalidade materna;
  • Reestruturação do Centro de Vigilância Ambiental; 

ASSISTÊNCIA SOCIAL

O Município de Jaboatão requer a organização de uma rede de assistência em todas as Regiões Administrativas, integrada com órgãos públicos e entidades da sociedade civil, para a construção de programas e projetos que possibilitem a trajetória de inclusão para famílias submetidas a pobreza e a exclusão social.

  • Estruturar Centros Regionais de Assistência Social – CRAS em todas as Regiões Administrativas;
  • Revitalizar, monitorar e avaliar os programas federais responsáveis pela erradicação do trabalho infantil e permanência do aluno na escola: PETI, Bolsa Família, Pró Jovem;
  • Estruturar os Centros de Formação para Trabalho, integrados com as políticas públicas municipais e articulados com a sociedade civil organizada – ONGs, Empresas, instituições de ensino e outras esferas do poder público;
  • Apoiar a estruturação de grupos de geração de renda e a criação de cooperativas para famílias em situação de vulnerabilidade social;

SEGURANÇA CIDADÃ E PREVENÇÃO À VIOLÊNCIA

A Prefeitura de Jaboatão vai empreender esforços para a estruturação de um Pacto Metropolitano em defesa da vida, através da convocação de autoridades e dirigentes de entidades públicas e privadas em busca de parcerias e efetividades de políticas públicas de valorização da vida.

  • Criar e implantar o Conselho Municipal de Defesa Social e Direitos Humanos como instancia de agregação de todos os atores locais e regionais para discussão e formulação de políticas voltadas para o direito da cidadania.
  • Recuperar espaços públicos nas áreas mais degradadas e mais violentas da cidade, com iluminação, equipamentos de qualidade e atividades permanentes voltada para cultura e lazer;
  • Criar o Observatório da Cidadania, alimentado pelo Núcleo Estratégico de Comunicação e Desenvolvimento Tecnológico, promovendo a produção coletiva do conhecimento sobre as políticas públicas municipais, produzindo publicações e atividades de formação para lideranças e movimentos sociais;
  • Estruturar os núcleos comunitários de defesa social nos distritos, gerando multiplicadores para utilização dos programas municipais desenvolvidos em cada Região Administrativa, com foco na difusão da Cultura da Paz.
  • Programa Praça nos Bairros
  • Programa Escola Aberta
  • Espaços articulados para desenvolvimento cultural
  • Programas de incentivo a leitura
  • Campanhas diversas para difusão dos serviços básicos de saúde, educação e assistência social
  • Criar a Casa da Justiça Comunitária com atuação multidisciplinar, e implantar um Programa de Mediação de Conflitos, com caráter orientador e preventivo, nos bairros e, especificamente, nas escolas com um acolhimento que possa identificar as reais necessidades do cidadão em conflito;
  • Desenvolver parcerias com instituições e profissionais com renomada experiência em políticas de defesa social e cidadania, buscando práticas inovadoras para prevenção da violência;

CULTURA E PATRIMÔNIO HISTÓRICO

  • Instalar um amplo debate para definição de uma política pública de cultura, envolvendo a sociedade organizada, universidades, órgãos legislativos, artistas e empresários garantindo o resgate das tradições culturais de Jaboatão.
  • Integrar a discussão sobre cultura às demais políticas públicas municipais, estaduais e federais, contribuindo para a qualidade de vida e o reencontro com a auto-estima dos cidadãos e cidadãs;
  • Envolver a juventude num ciclo de reflexões sobre as dinâmicas locais, e o impacto das culturas digitais no desenvolvimento local;
  • Realizar ações integradas com outros municípios possibilitando a circulação de artistas locais e espetáculos regionais, valorizando a cultura local;
  • Investir na formação de agentes culturais, que exerçam o papel de gestores de processos culturais visando modificar a relação da população com a cidade por meio de ações educativas que resgatem a história dos diferentes atores presentes no local.
  • Criar espaços agregadores em cada Região Administrativa, envolvendo as escolas da região.
  • Viabilizar a construção de um teatro em Prazeres;
  • Desenvolver um Programa de Preservação dos Monumentos Históricos – Parque Nacional dos Guararapes, Centro Antigo, Igrejas, prédio históricos e Engenhos Antigos;

ESPORTE E LAZER

  • Fazer gestão junto aos governos, estadual e federal, para a construção da Arena Esportiva multiuso no Município de Jaboatão, para a realização da copa do mundo/2014;
  • Estruturar Centros de Formação para a cultura, esporte e lazer;
  • Implantar espaços para a prática esportiva em cada Região Administrativa;
  • Apoiar o fortalecimento de agremiações municipais;

IV – DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO SUSTENTÁVEL

A estratégia de desenvolvimento da economia de Jaboatão deve garantir, de forma articulada, a modernização da infra-estrutura necessária à renovação da base sócio econômica do município, e estruturada em três eixos estratégicos:

  1. AMPLIAÇÃO DA COMPETITIVIDADE DA ECONOMIA – fortalecimento das vantagens competitivas municipais:
  • Melhorar a infra-estrutura econômica – transporte e distritos industriais;
  • Ampliar as ações para o esgotamento sanitário;
  • Qualificar a mão de obra voltada para as principais cadeias produtivas;
  • Melhorar a oferta de serviços públicos para as empresas;
  • Desburocratizar o sistema tributário e as normas de funcionamento das empresas;
  1. IRRADIAÇÃO DO DINAMISMO DE SUAPE PARA A ECONOMIA MUNICIPAL com atração de investimentos a montante e a jusante das cadeias produtivas implantadas no distrito industrial, que se baseia nas seguintes ações estratégicas:
  • Identificar o potencial de adensamento das cadeias produtivas dos grandes empreendimentos de Suape;
  • Incentivar as empresas (indústrias e de serviços industriais) para integração produtiva com os grandes empreendimentos de Suape (metalurgia, mecânica, construção civil, eletro-eletrônico, etc.)
  • Promover a atração de empreendimentos produtivos que adensam as cadeias produtivas dos grandes empreendimentos;
  1. FORTALECIMENTO DAS PRINCIPAIS ATIVIDADES ECONÔMICAS E ADENSAMENTO DAS CADEIAS PRODUTIVAS:
  • Organizar, fomentar, e enfrentar os estrangulamentos e os entraves existentes, viabilizando a concentração na promoção das seguintes atividades:
    • Logística
    • Indústrias básicas
    • Turismo
    • Serviços avançados, particularmente os serviços educacionais e de saúde.

TURISMO

  • Transformar parte do Monte Guararapes em um Parque Temático e teatro a céu aberto para encenação de peças como a Batalha dos Guararapes e outros espetáculos;
  • Criar o Museu do Trem com a recuperação da antiga estação e implantação de linha para uso de Maria Fumaça no trajeto do Paiva até Jaboatão Centro;
  • Criação de pequeno engenho para produção de rapadura, aguardente, etc, aberto a visitação e local de parada da Maria Fumaça;
  • Revitalizar a Lagoa do Náutico, com a criação de um centro de lazer voltado para atividades náuticas;
  • Implantar Ruas 24 horas em Jaboatão Centro com espaços diversificados para Serviços, Cultura, Esportes, Lazer, etc.;
  • Revitalizar do Cine-Teatro Samuel Campelo;
  • Revitalizar o Mercado de Cavaleiro, agregando cultura e conseqüentemente o turismo, ao maior centro de abastecimento do município;
  • Recuperar a antiga Câmara dos Vereadores;
  • Construir um Centro de Convenções para atendimento a demanda gerada pelo surgimento de novos empreendimentos na região;
  • Criar um Pólo Náutico com píer de atracação para complemento da vocação da área e atendimento aos novos empreendimentos da Praia do Paiva;
  • Implantar cursos profissionalizantes voltados especificamente para atendimento, não só a demanda gerada no Município, como também para os novos negócios no eixo sul da Região Metropolitana do Recife;

AGRICULTURA E PESCA

  • Implantar a CEAJA – Central de Abastecimento do Município do Jaboatão dos Guararapes, para melhorar o escoamento da safra dos agricultores da zona rural;
  • Implantar uma cooperativa agrícola capaz de promover o fortalecimento dos pequenos e médios agricultores e pescadores de todo o município;
  • Implantar um parque de exposição para a comercialização de animais e a realização de feiras e eventos do setor agropecuário;
  • Reativar e fortalecer o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural;
  • Capacitar e treinar produtores e pescadores de todo município;
  • Implantar medidas para aceleração do processo de eletrificação rural;
  • Articular com a Superintendência do INCRA para implantação de um processo de reforma agrária para deslocamento daqueles produtores das áreas Peri – urbanas;

V – INFRAESTRUTURA 

  • Elaborar instrumentos de planejamento para dotar a cidade de infra-estrutura compatível com as necessidades da população e com o desenvolvimento sustentável.
  • Plano Diretor de Macro Drenagem – Foi feito
  • Plano Diretor de Saneamento Integrado –
  • Plano Diretor de Circulação
    • Interligar os Distritos requalificando e ampliando o sistema viário existente;
    • Requalificar os Centros Urbanos – Jaboatão Centro, Cavaleiro, Prazeres, Jordão e Curado:
  • Ordenamento das Feiras Livres e dos Mercados Público e entorno;
  • Recuperação e ampliação do Sistema Viário;
  • Organização do Trânsito e Transporte;
  • Recuperação de Passeios Públicos;
  • Limpeza Pública;
  • Drenagem
    • Viabilizar a construção de um Viaduto sobre a BR-101, ligando a Av. Barreto de Menezes ao Eixo de Integração;
    • Viabilizar a construção de um Viaduto sobre a Estrada da Batalha, desafogando o cruzamento com a Av. Barreto de Menezes em Prazeres;
    • Construir uma ponte sobre o Rio Duas Unas, ligando a Estrada da Luz à Rua 13 de Maio;
    • Pavimentar a Rua Visconde de Rio Branco, implantando um binário com a Rua Barão de Lucena;
    • Reestruturar a Av. Ulisses Montarroios, desde Massangana até Barra de Jangada;
    • Requalificar a Av. Manoel Rabelo até Jaboatão Centro;
    • Consolidação e Ordenamento do Pólo Logístico
    • Expansão dos Distritos Industriais – Prazeres, Curado e Jaboatão Centro;
    • Implantar Parques Municipais nas Regiões Administrativas;
    • Implantar Programa de Qualificação das Praças dos Bairros, integrado com ações sociais para prevenção a violência;
    • Desenvolver programa para a prática de atividades esportivas nos Parques, integrado com a Saúde;

ELETRIFICAÇÃO E ILUMINAÇÃO

  • Elaborar o cadastro do parque de iluminação pública do município;
  • Prover o Município de iluminação adequada para atender às necessidades de segurança e para o bem estar das comunidades;
  • Implantar iluminação diferenciada próximo a escolas, hospitais, pontos de ônibus, praças, e outros locais de grande concentração de pessoas;

ANEXO – DETALHAMENTO DAS NECESSIDADES IMEDIATAS NA INFRAESTRUTURA FÍSICA EM CADA DISTRITO

As propostas relacionadas a seguir foram encaminhadas por uma equipe de profissionais da área de engenharia civil, moradores de Jaboatão e conhecedores das condições precárias da infra-estrutura do município. São problemas que serão tratados com a devida importância na formulação do planejamento integrado e compartilhado das ações, em cada Região Administrativa.

ESTRUTURAÇÃO

Elaborar instrumentos de planejamento para dotar a cidade de infra-estrutura compatível com as necessidades da população, com o desenvolvimento sustentável e preservação do meio ambiente.

  • Plano Diretor de Macro Drenagem
  • Plano Diretor de Saneamento Integrado
  • Plano Diretor de Circulação Viária
  • Plano Diretor de Contenção de Encostas
  • Plano Diretor de Urbanização em Comunidades de Baixa Renda
  • Plano Diretor da Contenção do Avanço do Mar
  • Plano Diretor da Recuperação Ambiental e Urbanização da Lagoa Náutico
  • Plano Diretor da Revitalização do Rio Jaboatão e Duas Unas
  • Plano de Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos
  • Plano Diretor de Eletrificação e Iluminação Publica.

NECESSIDADES IMEDIATAS

DISTRITO I – PRAZERES:

  1. Requalificação do Centro Urbano de Prazeres.
  2. Ordenamento do comércio formal e informal (Mercado Público e entorno).
  3. Melhorias do Sistema Viário – recuperação, ampliação e manutenção.
  4. Organização da Circulação de Transportes.
  5. Melhoria do Sistema de Micro e Macro Drenagem.
  6. Limpeza de Canais e Galerias.
  7. Construção de um Viaduto sobre a BR-101, ligando a Av. Barreto de Menezes ao Eixo de Integração.
  8. Construção de um Viaduto na Av. Barreto de Menezes sobre a Estrada da Batalha.
  9. Reestruturação da Av. Ulisses Montarroios, com inicio na Massangana e termino em Barra de Jangada.
  10. Consolidação e Ordenamento do Pólo Logístico.
  11. Expansão do Distrito Industrial de Prazeres.
  12. Ligação da Av. Pres. Castelo Branco com a Estrada de Curcurana e a Ponte do Paiva.
  13. Construção da Via Marginal da Lagoa do Náutico com inicio no Canal Setúbal e termino na Estrada de Curcurana.
  14. Construção da Via Marginal Sul interligando com a Rua José Câmara Vieira e a BR 101-Sul.
  15. Pavimentação e Drenagem da Estrada de Comporta pela BR 101-Sul, Rua da Mata Grande e Rua Gonzaga Maranhão.
  16. Recapeamento da Estrada de Curcurana.
  17. Urbanização de Comporta.
  18. Urbanização do Bairro de Candeias.
  19. Melhorias Habitacionais nas áreas de baixa renda.
  20. Revitalização do Mercado Público de Prazeres.
  21. Revitalização do Parque Nacional dos Guararapes.
  22. Construção de Campo de Futebol com Vila Olímpica no Cajueiro Seco (Terreno da ARCAL).
  23. Recuperação e Construção de praças no Distrito.
  24. Revitalização da Av. Bernardo Vieira de Melo e Av. Airton Sena.
  25. Requalificação da Av. Beira Mar.
  26. Requalificação da Estrada da Batalha.
  27. Macro Drenagem da Av. Barreto de Meneses no trecho da Estrada da Batalha a BR101-Sul.
  28. Construção da Maternidade Municipal (Materno-Infantil) do Distrito.
  29. Construção de Centro de Formação Profissional.
  30. Conclusão da Câmara Municipal de Jaboatão.
  31. Construção de Centro Administrativo.
  32. Contenção do Avanço do Mar com engordamento.
  33. Urbanização da Orla de Barra de Jandada, Candeias e Piedade.
  34. Pavimentar a Rua Ernesto de Souza Leão – Piedade.
  35. Recapeamento da Rua Maria de Souza.
  36. Construção de Centro de Convenções do Município.
  37. Programa de Iluminação Publica do Distrito.
  38. Construção, Recuperação e Requalificação das Escolas Municipais do Distrito.
  39. Construção, Recuperação e requalificação dos Postos Médicos do Distrito.
  40. Requalificação e Recuperação do Acesso ao Conjunto Residencial Marcos Freire.
  41. Requalificação e Recuperação do Acesso ao Conjunto Residencial Muribeca.
  42. Requalificação e Recuperação da Via de Acesso ao Conjunto Residencial Dom Helder.

DISTRITO II – JABOATÃO:

  1. Requalificação do Centro Urbano de Jaboatão.
  2. Ordenamento do comércio formal e informal (Mercado Público e entorno).
  3. Melhorias do Sistema Viário – recuperação, ampliação e manutenção.
  4. Organização da Circulação de Transportes.
  5. Melhoria do Sistema de Micro e Macro Drenagem.
  6. Limpeza de Canais e Galerias.
  7. Reconstrução da Maternidade Municipal (Materno-Infantil) Rita Barradas.
  8. Melhorias do Sistema Viário – recuperação, ampliação e manutenção.
  9. Urbanização dos Morros com contenção de encostas.
  10. Recuperação e Construção de praças no Distrito.
  11. Expansão do Distrito Industrial Multifabril.
  12. Requalificação do Mercado de Jaboatão e do Camelodromo.
  13. Construção de Ponte sobre o Rio Duas Unas, ligando a Estrada da Luz a Rua 13 de Maio.
  14. Pavimentação e Requalificação da Rua Visconde de Rio Branco, implantando um binário com a Rua Barão de Lucena.
  15. Alargamento da Av. Barão de Lucena no trecho da Praça N. Sra. do Rosário até a entrada da Vila Rica.
  16. Requalificação da Rua Barão de Moreno e da Rua Dom Carlos Coelho.
  17. Construção do acesso ao Engenho Macuge.
  18. Construção da Av. Beira Rio, ligando a PE 7 (Usina Bulhões) ao Eixo de Integração, passando pela Moenda de Bronze, Fabrica Portela e Marginal do Rio Jaboatão.
  19. Recuperação da Rua da Boa Esperança até o Eixo de Integração.
  20. Construção da ligação do Eixo de Integração a BR 232. Passando por Engenho Velho e Santo Aleixo.
  21. Construção e Ampliação da Pavimentação Asfaltica da Av. Manoel Bezerra Neves – Vila da Piedade, ligando a Av. Manoel Rabelo ao Eixo de Integração.
  22. Pavimentação da Av. Manoel Peixoto – Vila da Piedade.
  23. Urbanização do Bairro de Floriano.
  24. Requalificação do Estádio Jefferson de Freitas.
  25. Requalificação do Estádio de futebol do Ferroviário.
  26. Requalificação do Ginásio de Esporte Reginaldo |Montenegro.
  27. Construção do Pólo Comercial e Centro Multicultural na área da oficina da Rede Ferroviária.
  28. Recuperação e Implantação do Centro de Formação Profissional no antigo centro da RFFSA.
  29. Implantação do Museu da Rede Ferroviária na antiga estação de trem.
  30. Implantação da Escola Municipal de Musica no Prédio do Leão Coroado na Rua Visconde de Rio Branco.
  31. Recuperação do Prédio da Biblioteca Municipal na Praça N. Sra. do Rosário.
  32. Recuperação e Implantação do Cine-Teatro Samuel Campelo.
  33. Recuperação do Prédio da Casa da Cultura.
  34. Construção do Parque temático na área da Moenda de Bronze.
  35. Recuperação da Estrutura de Concreto Armado das Pontes do Distrito.
  36. Urbanização da Área da Moenda de Bronze e das Malvinas.
  37. Revitalização e dragagem do Rio Jaboatão e Duas Unas.
  38. Programa de Iluminação Publica do Distrito.
  39. Construção, Recuperação e Requalificação das Escolas Municipais do Distrito.
  40. Construção, Recuperação e requalificação dos Postos Médicos do Distrito. 

DISTRITO III – CAVALEIRO:

  1. Requalificação do Centro Urbano de Cavaleiro.
  2. Ordenamento do comércio formal e informal (Mercado Público e entorno).
  3. Requalificação do Mercado de Cavaleiro
  4. Melhorias do Sistema Viário – recuperação, ampliação e manutenção.
  5. Organização da Circulação de Transportes.
  6. Melhoria do Sistema de Micro e Macro Drenagem.
  7. Limpeza de Canais e Galerias.
  8. Urbanização dos Morros com contenção de encostas.
  9. Melhorias Habitacionais nas áreas de baixa renda.
  10. Recuperação e Construção de praças no Distrito.
  11. Construção de Vila Olímpica no Distrito.
  12. Construção de Parque Temático.
  13. Construção de Ponte sobre o Rio Tejipió.
  14. Construção de Binário no entorno do Mercado de Cavaleiro e do COAMA.
  15. Construção da Praça do Alto do Cristo.
  16. Construção da Praça do Cristo Redentor.
  17. Recapeamento asfáltico da Av. Agamenon Magalhães.
  18. Construção da Maternidade Municipal (Materno-Infantil) do Distrito.
  19. Requalificação da Av. Manoel Rabelo.
  20. Macro Drenagem e Recapeamento Asfaltico da Av. Manoel Carneiro Leão com ligação para o Zumbi do Pacheco.
  21. Macro Drenagem e Recapeamento Asfaltico da Av. Conde Pereira Carneiro no Loteamento Grande Recife.
  22. Urbanização da Canaã.
  23. Programa de Iluminação Publica do Distrito.
  24. Construção, Recuperação e Requalificação das Escolas Municipais do Distrito.
  25. Construção, Recuperação e requalificação dos Postos Médicos do Distrito.
  26. Recuperação da Rua Artur Xavier e do acesso ao Jardim Quitandinha – Socorro.

DISTRITO IV – JORDÃO:

  1. Requalificação do Centro Urbano do Jordão.
  2. Ordenamento do comércio formal e informal (Mercado Público e entorno).
  3. Reconstrução do Mercado do Jordão.
  4. Melhorias do Sistema Viário – recuperação, ampliação e manutenção.
  5. Melhoria do Sistema de Micro e Macro Drenagem.
  6. Organização da Circulação de Transportes.
  7. Limpeza de Canais e Galerias.
  8. Revestimento do Canal do Rio Jordão com pavimentação de Via Marginal.
  9. Macro Drenagem da Av. Gonçalves Dias.
  10. Urbanização do Distrito com contenção de encostas.
  11. Melhorias Habitacionais nas áreas de baixa renda.
  12. Recuperação e Construção de praças no Distrito.
  13. Construção de Centro de Formação Profissional.
  14. Programa de Iluminação Publica do Distrito.
  15. Construção, Recuperação e Requalificação das Escolas Municipais do Distrito.
  16. Construção, Recuperação e requalificação dos Postos Médicos do Distrito.

 DISTRITO V – CURADO:

  1. Requalificação do Centro Urbano do Curado.
  2. Ordenamento do comércio formal e informal (Mercado Público e entorno).
  3. Melhorias do Sistema Viário – recuperação, ampliação e manutenção.
  4. Organização da Circulação de Transportes.
  5. Construção de Viaduto de Acesso ao Curado IV pela BR 408.
  6. Recapeamento asfáltico dos corredores de transporte coletivo.
  7. Melhoria do acesso a Cova de Onça.
  8. Limpeza de Canais e Galerias.
  9. Expansão do Distrito Industrial do Curado.
  10. Recuperação e Construção de praças no Distrito.
  11. Construção de Centro de Formação Profissional.
  12. Programa de Iluminação Publica do Distrito.
  13. Construção, Recuperação e Requalificação das Escolas Municipais do Distrito.

Construção, Recuperação e requalificação dos Postos Médicos do Distrito

Deixe um comentário:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Current ye@r *